“Zero Desperdício de Água na Escola”

Dia Mundial da Água assinalado em Lagos com arranque de projeto que visa a eficiência hídrica em ambiente escolar

A Câmara Municipal de Lagos escolheu simbolicamente o dia 22 de março para iniciar o funcionamento do projeto “Zero Desperdício de Água na Escola – Sistema de monitorização dos consumos de água”.

Distinguido com uma menção honrosa na categoria “Desempenho” do concurso “Eficiência Hídrica na Escola” que foi promovido pela Agência Portuguesa do Ambiente – Administração da Região Hidrográfica do Algarve (APA-ARH Algarve), em parceria com a Agência para a Energia (ADENE), a AMAL – Comunidade Intermunicipal do Algarve, a empresa Águas do Algarve, a Universidade do Algarve e a DGESTE – DSR Algarve, o projeto, da responsabilidade do município de Lagos e do Agrupamento de Escolas Júlio Dantas, visa uma utilização mais racional em contexto escolar desse bem tão vital que é a água. 

A Escola Secundária Júlio Dantas, o maior edifício escolar do concelho em área e número de alunos, foi o local escolhido para a implementação desta boa prática que integra várias ações, a começar pela substituição dos contadores que medem os consumos nas diversas instalações da escola por equipamentos mais evoluídos (denominados contadores de água ultrassónicos) dotados de sistema de telemetria, permitindo a comunicação, gestão e monitorização da água consumida na escola. Os dados são, depois, transmitidos e divulgados de forma apelativa num ecrã dedicado ao projeto, instalado no átrio de entrada da escola, permitindo que toda a comunidade escolar conheça os consumos efetuados e as metas a atingir para a sua redução, induzindo a adoção de padrões de uso da água mais eficientes. A solução tecnológica implementada permite dar corpo a uma ideia simples, mas eficaz, que consiste em comparar o consumo de água de cada dia com a média diária do consumo ocorrido na semana anterior, associando esse resultado às cores dos semáforos: verde (se o consumo diário estiver mais baixo), amarelo (se estiver semelhante) e vermelho (quando superior ao histórico recente). Hoje a avaliação foi positiva, com um consumo de 500 litros, face à média diária da semana anterior que tinha sido de 809. Neste suporte são igualmente divulgadas mensagens de sensibilização e dicas práticas para a poupança de água.

Marcando a presença do município na atividade, Paulo Jorge Reis, Vice-Presidente da Câmara, destacou a importância da implementação deste projeto para a consciencialização da comunidade escolar relativamente ao esforço global que importa fazer no sentido de otimizar o consumo dos recursos hídricos disponíveis e, por seu intermédio, levar essa mensagem às famílias e a um universo mais vasto da população. O autarca aproveitou o momento para divulgar os vários projetos e investimentos que o município está a desenvolver, enquadrados no Plano Municipal de Adaptação às Alterações Climáticas do Município de Lagos e no Plano Regional de Eficiência Hídrica da Região do Algarve, os quais vão desde a construção de condutas para permitir, num futuro muito próximo, a reutilização das águas da ETAR para rega de campos de golfe e espaços verdes públicos, à monitorização e controlo ativo de perdas, passando pelaimplementação da telegestão na rega dos espaços verdes públicos, sendo que apenas estas três ações irão permitir que Lagos contribua com uma poupança de cerca de 3 177 000 m3/ano de água (equivalente ao consumo de mais de 13 mil famílias) para as metas fixadas para a região.

O evento contou, ainda, com a participação de elementos da Direção do Agrupamento de Escolas Júlio Dantas, dirigentes e técnicos da Câmara Municipal de Lagos, docentes mais diretamente envolvidos no projeto e alunos, aos quais foi dirigido um apelo no sentido de levarem para o seio dos respetivos agregados familiares esta maior consciência ambiental.

Neste Dia Mundial da Água, o município associa-se, ainda, à iniciativa de nível nacional e internacional “H2Off – Hora de fechar e torneira ” promovida pela APDA – Associação Portuguesa de Distribuição e Drenagem de Águas, lançando a todas as entidades locais e aos munícipes o desafio de fecharem a torneira durante uma hora, entre as 22h00 e as 23h00, num gesto deliberado e consciente que visa alertar sobre a necessidade do uso eficiente de água.

Estas iniciativas integram-se na SEMANA VERDE, dinamizada pela Câmara Municipal de Lagos, que está a decorrer, agregando ações de sensibilização ambiental comemorativas do Dia Mundial da Árvore (21 de março) e do Dia Mundial da Água (22 de março).

Mais Artigos