Website do Município de Lagoa distinguindo entre os melhores do país

IPIC 2023: RANKING DA PRESENÇA NA INTERNET DAS CÂMARAS MUNICIPAIS PORTUGUESAS


O Município de Lagoa alcançou dois primeiros lugares no ranking que avalia a presença na Internet das 308 câmaras municipais portuguesas: nos critérios “Acessibilidade, Navegabilidade e Facilidade de Utilização” e “Conteúdos: Tipo e Atualização”.


Os resultados da edição de 2023 deste estudo sobre Local e-Government em Portugal, feito desde 1999 pelo GÁVEA – Observatório da Sociedade da Informação, da Universidade do Minho, e para o qual contribuíram a Unidade Operacional de Governação Eletrónica da Universidade das Nações Unidas (UNU-EGOV) e a Agência para a Modernização Administrativa (AMA), foram apresentados na semana passada e confirmam que a Câmara Municipal de Lagoa encontra-se nos lugares de destaque, no que à presença na internet diz respeito, tendo mesmo alcançado dois primeiros lugares no ranking, em dois dos quatro critérios.

O Município de Murça foi o primeiro classificado no ranking global da presença na Internet e o Município de Lagoa alcançou a primeira posição, com a pontuação máxima possível, ex aequo com a autarquia do Montijo, no Critério 1 – “Conteúdos: Tipo e Atualização”, que avalia a importância e atualidade dos conteúdos disponíveis nos sítios web, e venceu isolada no Critério 2 – “Acessibilidade, Navegabilidade e Facilidade de Utilização”, que avalia aspetos relacionados com a qualidade da utilização dos sítios Web, nomeadamente o posicionamento nos motores de busca, o tempo de carregamento da página, a acessibilidade através de diferentes sistemas operativos, navegadores e dispositivos móveis e para cidadãos com necessidades especiais, a qualidade da navegação e existência de motor de busca interno, a sofisticação tecnológica, entre outros.  

A grelha de avaliação é composta, no total, por quatro critérios e 36 indicadores que lhes estão associados e se desdobram num conjunto diversificado de subindicadores, para avaliar com mais rigor o tipo e a atualização dos conteúdos publicados, a acessibilidade, navegabilidade e facilidade de utilização dos sítios, a prestação de serviços online e as questões ligadas à participação.
Como refere o relatório, este estudo faz um retrato sobre o estado atual de modernização e maturidade no que diz respeito à presença dos municípios na Internet, tendo em vista “uma maior sensibilização para o desenvolvimento sustentado do governo eletrónico ao nível local e a uma melhor e mais eficiente prestação de serviços ao cidadão. Continua a chamar-se a atenção para a melhoria de aspetos relacionados com a acessibilidade e facilidade de navegação nos websites, com a resposta atempada e útil aos contactos de email e, principalmente, com a existência e manutenção de espaços que permitam ao cidadão participar ativamente nos processos de governança dos municípios”. 
Recorde-se que o Município de Lagoa apresentou à comunidade o novo website, agora distinguido, a 16 de janeiro de 2023, dia em que o concelho de Lagoa comemorou 250 anos da sua criação, com o objetivo de criar um canal de comunicação mais direto entre o Município e os seus Munícipes, facilitando o acesso destes aos diversos serviços do Município, bem como o de ter um website que respeitasse os diferentes tipos de acessibilidade e as atuais necessidades do ponto de vista do utilizador. Uma plataforma moderna, intuitiva e funcional, com uma imagem própria que pretende afirmar a identidade e as potencialidades do território. 

Um ano e pouco depois da sua apresentação, a avaliação do mesmo não poderia ter melhor resultado, com estas duas distinções nos critérios de “Acessibilidade, Navegabilidade e Facilidade de Utilização” e “Conteúdos: Tipo e Atualização”.

Mais Artigos