Vitorino é o cantor convidado para o concerto comemorativo dos 49 anos do 25 de Abril em Albufeira

Vitorino é o cantor convidado para o concerto comemorativo dos 49 anos do 25 de Abril em Albufeira. O espetáculo está marcado para o Auditório Municipal, no dia 25, às 21h30. O presidente da Câmara Municipal de Albufeira sublinha que “Vitorino foi sempre considerado um cantor de vanguarda e o grande embaixador da música alentejana. Neste dia vai estar em Albufeira a cantar o Alentejo, a Liberdade, os Poetas e os Amigos”. Os bilhetes para o espetáculo custam € 10,00 e estão à venda na ticketline: https://ticketline.sapo.pt/evento/albufeira-comemora-25-abril-72550.

Com uma atitude de total abertura aos novos tempos, convivendo e colaborando com músicos de estilos diversos e de todas as latitudes, Vitorino pratica o palco com o mesmo respeito pelo público aprendido com aqueles com quem, inicialmente, o partilhou: José Afonso e Adriano Correia de Oliveira.

Com eles percorreu o país cantando onde era possível, desde as sociedades culturais e recreativas aos palanques improvisados nas terras mais recônditas. A liberdade também se faz a cantar e neste espetáculo, Vitorino irá cantar o Alentejo, a Liberdade, os Poetas e os Amigos.

Conheceu Zeca Afonso, de quem se tornou amigo, quando estava a fazer a recruta no Algarve. Fixou-se em Lisboa a partir dos 20 anos, onde se associou à noite, às tertúlias e aos prazeres boémios. Em 1968 entrou para o Curso de Belas Artes. Emigrado em França, estudou pintura. Colaborou em discos de José Afonso, “Coro dos Tribunais”, e Fausto. Atuou no célebre concerto de Março de 1974, I Encontro da Canção Portuguesa, que decorreu no Coliseu dos Recreios. Lançou nesse ano o seu primeiro single: “Morra Quem Não Tem Amores”. Participou no disco “Cantigas de Ida e Volta” conjuntamente com outros nomes como Fausto, Sheila e Sérgio Godinho. Fez parte de projetos como Rio Grande e Lua Extravagante juntamente com Rui Veloso, Tim, Jorge Palma, Janita Salomé e João Gil.

Paralelamente, tem cantado em várias partes do mundo, integrando projetos em países como Cuba e Argentina, sendo considerado um dos cantores portugueses com mais prestígio. Foi um dos poucos artistas a ser condecorado cavaleiro da Ordem da Liberdade por um Presidente da República pelo seu percurso artístico.

Em 1975, num dos períodos de maior agitação social da História recente de Portugal, estreou-se com o seu primeiro disco “Semear Salsa ao Reguinho”, que incluía uma das canções mais importantes do imaginário português: “Menina estás à janela”. Seguem-se outros êxitos marcantes, nomeadamente Queda do Império, Leitaria Garrett e Alentejanas Amorosas, entre muitas outras músicas bem conhecidas do público, que Vitorino irá levar ao Auditório Municipal de Albufeira nestas comemorações do 25 de Abril.

Refira-se que Vitorino é o cantor português mais representativo do Alentejo e a voz maior do cante alentejano. Com uma longa carreira com mais de 30 discos editados, que alcançaram na sua maioria ouro e platina, o cantor ficará para sempre na história da música portuguesa como o mais importante divulgador e embaixador da música alentejana.

Os bilhetes para o espetáculo custam € 10,00 e estão à venda na ticketline: https://ticketline.sapo.pt/evento/albufeira-comemora-25-abril-72550.