Tribunal Judicial de Faro ordena prisão preventiva para homem, de 29 anos, detido pela GNR de Loulé, neste concelho, por tráfico de mais de dez mil de doses de heroína

“Escondia, no compartimento do motor” do seu veículo, intercepta do por militares do Núcleo de Investigação Criminal de Loulé da Guarda Nacional Republicana, “mais de 5.000 doses de heroína”, a que seguiu uma busca domiciliária, na sequência da qual foi encontrada mais droga, informa, em comunicado, o Comando Territorial de Faro desta força de segurança.

José Manuel Oliveira

Um homem, de 29 anos idade, está a aguardar julgamento em prisão preventiva, por decisão do Tribunal Judicial de Faro, após ter sido detido, na passada segunda-feira, dia 20 de Novembro de 2023, em flagrante delito, numa operação a cargo de militares do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Loulé da Guarda Nacional Republicana (GNR), devido a tráfico de droga, neste concelho.

De acordo com um comunicado do Comando Territorial de Faro da GNR, “no âmbito de uma denúncia por tráfico de estupefacientes, os militares da Guarda desenvolveram diligências policiais, que permitiram localizar o veículo do suspeito.” “No decorrer da ação, a viatura foi interceptada” por aqueles elementos, “tendo sido possível apurar que o suspeito escondia, no compartimento do motor, mais de 5.000 doses de heroína”, refere a nota informativa.

5.356 doses de heroína, uma balança de precisão e diversos sacos de plástico para acondicionamento do produto estupefaciente, entre outro material apreendido em casa do suspeito

Já no seguimento daquela acção, os militares do NIC do Destacamento Territorial de Loulé da GNR levaram a efeito “uma busca à residência do suspeito”, onde foi “possível apreender o seguinte material:

  • 5.356 doses de heroína;
  • Um computador portátil;
  • Dois telemóveis;
  • Uma balança de precisão;
  • e diversos sacos plástico para acondicionamento do estupefaciente”, revela a GNR.