Tribunal de Faro ordena prisão preventiva para homem que comete furto em residência na zona de Quarteira e é detido três meses depois por militares da GNR

Tem 30 anos idade e foi detido na quarta-feira, 22 de Maio, após um furto a uma moradia, no mês de Fevereiro deste ano, em Fonte Santa, freguesia de Quarteira.

José Manuel Oliveira

Um homem, de 30 anos, foi detido, na passada quarta-feira, dia 22 de Maio, por militares do Núcleo de Investigação Criminal de Loulé da Guarda Nacional República (GNR), na sequência de furto em residência na freguesia de Quarteira, neste concelho do sotavento algarvio.

Já estava referenciado por outros crimes de furto, possuindo antecedentes criminais, e acabou por ser agora localizado e identificado pelas autoridades

Em comunicado, divulgado na sexta-feira, 24 de Maio, o Comando Territorial de Faro da GNR informou que, “no âmbito de uma investigação por furto em residência, ocorrido em fevereiro deste ano, em Fonte Santa – Quarteira, os militares da Guarda realizaram várias diligências que culminaram na localização e identificação do suspeito, já referenciado por crimes de furto em residência, possuindo antecedentes criminais.”

Cumprimento a dois mandados de busca domiciliária permitiu recuperar vários artigos furtados

Com efeito, na sequência dessa investigação, os militares da GNR de Loulé “deram cumprimento a dois mandados de busca domiciliária, os quais permitiram recuperar vários artigos furtados”, referiu o comunicado, sem mais pormenores sobre os bens furtados pelo assaltante.

Depois de ter sido presente ao Tribunal Judicial de Faro, o indivíduo viu ser-lhe aplicada a medida de coacção máxima, ou seja, fica em prisão preventiva a aguardar julgamento, enquanto decorre o processo.