Silves – Arguida por homicídio por negligência e omissão de auxílio em acidente de viação

O Comando Territorial de Faro, através do Núcleo de Investigação de Crimes em Acidentes de Viação (NICAV) do Destacamento de Trânsito de Faro, ontem, dia 29 de novembro, constituiu arguida uma mulher de 32 anos por homicídio por negligência em acidente de viação e omissão de auxílio, no concelho de Silves.

No seguimento de um alerta a dar conta de um acidente de viação envolvendo o atropelamento de um peão, no dia 18 de novembro, os militares da Guarda deslocaram-se à Estrada Nacional 269 (EN 269) – Algoz, no concelho de Silves, tendo constatado que a vítima, um homem de 69 anos, havia sido colhido por um veículo que circulava naquela via, tendo o condutor suspeito prosseguido viagem sem providenciar o socorro à vítima, que acabou por falecer no local.

No decorrer das diligências de investigação, foi possível identificar e localizar o veículo interveniente, o qual já tinha reparado os danos relacionados com o acidente em causa, motivo que levou à sua apreensão e à identificação da condutora.

A suspeita foi constituída arguida e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Silves.

Esta ação contou com o reforço do Núcleo de Apoio Técnico (NAT) de Portimão, que procedeu à inspeção ao veículo.

PUBLICIDADE