Sete pessoas detidas em Faro, Portimão e Olhão, por agentes da PSP, devido a crimes de violência doméstica, desobediência, condução sem habilitação legal e em estado de embriaguez

Operação policial permitiu, também, a apreensão de droga, fiscalização de estabelecimentos de diversão noturna, abordagens e identificação de suspeitos.

José Manuel Oliveira

Desde o final da passada semana, sete pessoas foram detidas por agentes da Polícia de Segurança Pública (PSP), nas cidades de Faro, Olhão e Portimão, devido a indícios dos crimes de violência doméstica, desobediência, condução sem habilitação legal e condução em estado de embriaguez. Duas destas detenções ocorreram na sequência de uma Operação Especial de Prevenção Criminal, na capital do Algarve.

“Apreensão de uma arma branca, diversas doses de cocaína e haxixe e levantamento de 4 autos de contra-ordenação aos estabelecimentos fiscalizados”, anuncia a polícia. Operação ‘Carnaval em Segurança’ levou à detenção de quatro condutores sob o efeito de álcool e condução sem habilitação legal, em Faro e Portimão

Em comunicado, divulgado na tarde desta segunda-feira, dia 12 de Fevereiro de 2024, o Comando Distrital de Faro da PSP, refere que “a operação envolveu diversas valências policiais e teve como principal objetivo reforçar a segurança e a tranquilidade da população, visando a prevenção de atividades criminosas, tendo sido realizadas ações de fiscalização de estabelecimentos de diversão noturna, abordagens e identificação de suspeitos e, ainda, fiscalização rodoviária.” Neste âmbito, “destaca-se a apreensão de uma arma branca, duas detenções por crimes rodoviários, a apreensão de diversas doses de cocaína e haxixe e, ainda, o levantamento de 4 autos de contra-ordenação aos estabelecimentos fiscalizados. Além das detenções e apreensões referidas, na sequência de ações de policiamento no âmbito da Operação Carnaval em Segurança, foram detidos 4 condutores, nas cidades de Portimão e Faro, por condução sob efeito de álcool e condução sem habilitação legal, sendo que um destes condutores portava consigo, igualmente, uma arma branca”, descreve a PSP, sem adiantar mais pormenores.

Suspeito pelo crime de violência doméstica, em Olhão, já está em prisão preventiva por ordem do Tribunal de Faro

Por outro lado, aquela força de segurança destaca a “detenção de um suspeito pelo crime de violência doméstica, através da Esquadra de Olhão.” “Após céleres diligências de investigação desenvolvidas pela PSP, foi possível apurar que a situação apresentava uma escalada, pelo que, do acompanhamento realizado pela PSP e da oportuna intervenção do Ministério Público, foi emitido Mandado de Detenção, por parte desta Autoridade Judiciária”, adianta o comunicado. O suspeito acabou por ser “intercetado pela PSP e presente no Tribunal de Faro, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de Prisão Preventiva”, enquanto aguarda o respetivo julgamento, concluí a informação policial.

Mais Artigos