“Semana Verde” vai deixar concelho de Lagos mais arborizado

Por ocasião do Dia Mundial da Árvore (21 de março) e Dia Mundial da Água (22 de março), o município de Lagos preparou uma série de iniciativas dedicadas ao Ambiente cujo principal objetivo é envolver toda a comunidade para tornar Lagos mais verde.

Com o mote “Conhecer, cuidar e valorizar a Natureza” e alinhada com as linhas orientadores do programa Bandeira Azul (ABAE) e com os projetos atualmente em curso com os agrupamentos escolares, a “Semana Verde” (20 a 24 de março) tem como atividade principal a plantação de árvores em vários pontos do concelho de Lagos, envolvendo estabelecimentos escolares públicos e privados, desde o pré-escolar até ao ensino secundário, e IPSS. Num acréscimo significativo em relação ao ano interior, cerca de 1562 alunos aceitaram o desafio e vão juntar-se a voluntários, utentes dos lares da Santa Casa da Misericórdia (SCML), CASLAS e Sapadores Florestais numa campanha de plantação de árvores que terá lugar em 12 locais das quatro freguesias, assim como algumas escolas e lares da SCML.

Os utentes da SCML terão ainda uma criativa missão – a elaboração de painéis informativos de sensibilização ambiental, usando materiais reciclados e integrando poemas, dado também se celebrar o Dia Mundial da Poesia a 21 de março. Estes trabalhos estarão expostos no Mercado de Santo Amaro ao longo desta semana.

Com uma atividade bastante dinâmica durante todo o ano, também o Centro Ciência Viva de Lagos se vai juntar às celebrações, com atividades ligadas ao Ambiente no seu espaço exterior (21 a 24 de março, 10h30-12h30). Para participar, basta inscrever-se através do email info@lagos.cienciaviva.pt.

Quem visitar os espaços de atendimento da Câmara Municipal de Lagos e juntas de freguesia nesta semana também terá uma surpresa – um pequeno brinde ecológico que servirá de mote para que todos os munícipes se juntem à causa, respeitando a Natureza e o Ambiente e colaborando para tornar o planeta mais verde.

O município volta a aderir a duas iniciativas ao nível nacional e internacional – o “H2Off – Hora de fechar e torneira” e a “Hora do Planeta”. Pelas mãos da APDA – Associação Portuguesa de Distribuição e Drenagem de Águas, a primeira campanha visa fechar a torneira durante uma hora, entre as 22h00 e as 23h00 de 22 de março, num gesto deliberado e consciente que visa alertar sobre o uso eficiente de água.

Promovida pela APN – Associação Natureza Portugal e WWF – World Wide Fund for Nature, a segunda iniciativa incentiva toda a comunidade a apagar as luzes entre as 20h30 e as 21h30 de dia 25 de março como forma de alertar para a necessidade de sustentabilidade do planeta. O município também fará a sua parte, apagando as luzes de vários equipamentos durante essa hora (fontes ornamentais do centro da cidade, fonte ornamental de São Gonçalo, rotunda dos Ventos (Meia Praia), fachada da Igreja de Santa Maria, iluminação das fachadas da Muralha no Jardim da Constituição, iluminação das fachadas do Forte Ponta da Bandeira, iluminação exterior do Moinho de Odiáxere e edifício Paços do Concelho Séc. XXI), comprometendo-se também a continuar a substituição de tecnologia convencional por tecnologia LED na iluminação pública, mais especificamente 280 unidades no centro histórico.

Previstas para esta semana estão também visitas guiadas à Estação da Biodiversidade da Barragem da Bravura, no âmbito do projeto “À Descoberta dos Polinizadores” (parceria com a Associação A Rocha), visitas à Mata Nacional de Barão de São João, integradas no projeto “Literacia para a Floresta” (parceria com a LPN – Liga para a Proteção da Natureza) e uma visita ao Aterro Sanitário do Barlavento (pareceria com a Algar).

A abertura da “Semana Verde” decorreu hoje no Parque da Cidade e na Escola de Santa Maria, onde foi hasteada a Bandeira Verde atribuída pela ABAE no âmbito do programa Eco-Escolas (ano letivo 2021-2022).

Todos os gestos contam e Lagos conta consigo! Junte-se a nós para tornar Lagos mais verde!