Reacendimento do incêndio de Castro Marim vento e calor são as causas

O incêndio que deflagrou de madrugada, sendo o primeiro alerta às 01h05 na freguesia de Odeleite, em Castro Marim, e que foi dado como dominado às 10h28, reacendeu esta tarde, cerca das 14h34.

«Deu-se uma reativação, porque as condições meteorológicas são propícias no local. Está muito calor, há vento forte e com este tipo de combustível, pasto e mato, as chamas propagam-se muito depressa», revelou ao Litoralgarve fonte do Comando Regional de Proteção Civil.

Ainda assim, os reacendimentos que se vão verificando «são prontamente atacados pelos operacionais que se mantêm no terreno, pelos meios aéreos e pelas máquinas de rasto».

No local estão 353 operacionais, apoiados por 120 veículos e 5 meios aéreos.

( Em atualização)

Foto : Arquivo

Mais Artigos