Projeto de dança e ambiente traz os ODS para o palco

O Projeto ITER HUMANITATIS – Dança Inclusiva e Ambiente sobe ao palco do Cineteatro Louletano esta quarta-feira, 8 de maio, pelas 18h00, para a apresentação pública final.

Este é um projeto de Dança e Ambiente, Arte-Educação de e para a comunidade do Centro Ambiental, baseado nos 17 objetivos de desenvolvimento sustentável. Os protagonistas serão os 24 alunos de uma turma do 4º ano da escola EB1 N.º 4 de Loulé, juntamente com 4 utentes da UNIR (Associação dos Doentes Mentais, Famílias e Amigos do Algarve) e 15 alunas da Companhia de Dança Sénior de Loulé, que começaram os ensaios no início do ano letivo 2023/2024, tendo sido também convidados a participar e a integrar este espetáculo alunos do Estúdio da Bordeira (Faro) e da Associação de Músicos de Faro, num total de 80 bailarinos participantes em palco. A coreografia está a cargo, uma vez mais, de Inês Mestrinho.

Familiarizarmo-nos com os ODS, entender a sua importância para o futuro da Humanidade e do Planeta, encontrar nas nossas vidas individuais formas de colaborar e trabalhar para estes objetivos, para aquilo que consideramos ético, justo e realisticamente urgente para o bem de todos, são alguns dos propósitos deste espetáculo.

Pretende-se dar a conhecer os 17 objetivos da Agenda 2030 das Nações Unidas aos participantes, famílias e comunidade, e incentivar à reflexão e à ação. Mas também salientar o poder que temos juntos, unidos por um ideal, por uma causa importante e necessária, e do poder da arte nessa mobilização e comunicação.