Portimão é durante quatro dias a capital europeia dos museus

Entre 1 e 4 de maio, Portimão recebe a conferência anual e cerimónia de entrega dos Prémios EMYA 2024, a mais prestigiada distinção na área da museologia europeia, que reunirá na cidade duas centenas e meia de participantes, representando 29 nacionalidades, 75 museus, dos quais 50 nomeados, e 25 associações e empresas do setor.

A organização deste importante evento, promovido pelo EMF – European Museum Forum, é um dos momentos altos das celebrações que durante 2024 assinalam o centenário da elevação de Portimão à categoria de cidade, mobilizada para acolher da melhor maneira os participantes.

O TEMPO – Teatro Municipal de Portimão será o palco da conferência “Museus em busca de impacto social”, que decorrerá nos dias 2, 3 e 4, assim como da cerimónia de entrega de prémios, marcada para as 18h00 de 4 de maio.

Esta é uma ocasião única para que os museus se apresentem, revelando a sua dimensão enquanto espaços dinâmicos, históricos e socialmente relevantes e estruturas insubstituíveis no domínio cultural e científico.

Entre os presentes, destaque para Joan Roca, presidente do EMF, Medea S. Ekner, diretora executiva do Comité Internacional dos Museums (ICOM), Amina Krvavac, presidente do júri do EMYA 2024, diretora do War Childhood Museum, em Sarajevo, e membro do júri da Capital Europeia da Democracia, ou Mário Moutinho, diretor do Doutoramento em Sociomuselogia da Universidade Lusófona e presidente do Comité do ICOM para a Sociomuseologia, que, em conjunto com os outros intervenientes, abordarão a inovação, a excelência e o impacto social no campo museológico.

No âmbito deste encontro europeu, realiza-se na tarde de 1 de maio o concerto “Smooth Standards”, que a partir das 18h00, e com acesso livre, juntará no exterior do Museu de Portimão a Orquestra de Jazz do Algarve e a cantora Clara Buser, artista multifacetada e uma das melhores vozes nacionais, para interpretarem um repertório que funde diversas linguagens musicais, do Swing à Bossa Nova, sem esquecer o Smooth Jazz.

Estreita relação entre o Museu de Portimão e o EMF

Não é por acaso que Portimão, através do seu Museu, será palco da conferência e da entrega dos Prémios EMYA 2024, pois este equipamento cultural, distinguido em 2010 com o Prémio Museu do Conselho da Europa, tem uma estreita ligação com o EMF, desde a participação do seu diretor científico, José Gameiro, como membro e presidente do júri do EMYA entre 2012 e 2018, até à atual parceria, sediando desde 2019 o secretariado deste organismo europeu e o seu arquivo histórico no Centro de Documentação.

Fruto desta parceria, foi criado em 2019 o Prémio “Museu Portimão”, destinado ao museu que mais se distinga nas vertentes do Acolhimento, Inclusão e Pertença.

Com a atribuição dos EMYA, o EMF visa reconhecer os museus que, através da sua missão ou projetos, contribuem para a inovação e influência no campo museológico, tendo-se consolidado nas últimas quatro décadas como uma das organizações líderes no desenvolvimento da qualidade pública dos museus europeus.

Todas as informações sobre o evento, assim como a lista de museus nomeados para o EMYA 2024, estão disponíveis em: https://emya2024portimao.com/

Mais Artigos