PONTO DE SITUAÇÃO DO NOVO CORONAVÍRUS (COVID-19) A NÍVEL NACIONAL E NO ALGARVE – DIA 24 DE JUNHO DE 2020

O boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde revela que, em Portugal, no dia 24 de Junho de 2020,  é esta a evolução do novo coronavírus (Covid-19):

– Número total de casos confirmados (acumulados) – 40.104  (mais 367 do que no dia 23 de Junho de 2020)

– Número total de recuperados – 26.083  (mais 254 do que no dia 23 de Junho de 2020)

– Número total de internados – 429  (menos 12 do que no dia 23 de Junho de 2020)

73 em Unidades de Cuidados Intensivos  (mais 01 do que no dia 23 de Junho de 2020)

– Número total de casos suspeitos desde 01/01/2020 – 368.967 (mais 2.190 do que no dia 23 de Junho de 2020). Do total dos casos suspeitos, 327.277 não se confirmaram  (mais 1.996 do que no dia 23 de Junho de 2020).

Entretanto, 1.586 pessoas  (menos 173 do que no dia 23 de Junho de 2020) aguardam os resultados laboratoriais aos testes efetuados, enquanto que 30.935   (mais 687 do que no dia 23 de Junho de 2020) estão sob vigilância das autoridades de saúde.

– Número total de óbitos – 1.543  (mais 03 do que no dia 23 de Junho de 2020. São todos, uma vez mais, da região de Lisboa e Vale do Tejo – duas mulheres e um homem, este da faixa etária dos 30 -39 anos de idade.)

A região de Lisboa e Vale do Tejo passou a ser a mais afetada pelo novo coronavírus, em números acumulados de casos de infeção, contabilizando 17.527  (mais 302 do que no dia 23/06/2020). Nesta zona do país já ocorreram 449 óbitos (mais 03 do que no dia 23/06/2020.)

Segue-se, agora, a região Norte que regista 17.339 casos de infeção acumulados  (mais 10 do que a 23/06/2020) e 814 falecimentos.

A região Centro tem 4.042 casos de infeção em números acumulados (mais 28 do que no dia 23/06/2020) e 248 vítimas mortais.

O Alentejo conta com um total acumulado de 406 casos de infeção (mais 09 do que no dia 23/06/2020) e 02 mortos.

Na Região dos Açores subiu para 146 o número total acumulado de casos de infeção (mais 02 do que a 23/06/2020), mantendo-se 15 óbitos. 

Na Madeira existem 92 casos de infeção em números acumulados e nenhuma morte.

Em Portugal, há 12.478 casos ativos de Covid-19 a serem tratados pelas autoridades de saúde (mais 110 do que no dia 23 de Junho de 2020).

ALGARVE

Mais 16 pessoas contagiadas

De acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde, no dia 24 de Junho de 2020 subiu para 552  o número total de casos de infeção confirmados em números acumulados no Algarve. Surgiram, assim, mais 16 pessoas contagiados com o novo vírus.

Dos 111 casos ativos de Covid-19 no Algarve, resultantes da festa ilegal em Odiáxere, 74 por cento estão no concelho de Lagos

Recorde-se que o último balanço divulgado pela Administração Regional de Saúde do Algarve, na tarde de segunda-feira, dia 22/06/2020, referiu que a festa ilegal em Odiáxere, no concelho de Lagos, na noite de 07 de Junho, provocou 111 casos ativos de infeção na região algarvia, entre os quais estão 19 crianças com idade igual ou inferior a nove anos. No Hospital de Faro continuam internadas duas pessoas, de 27 e 39 anos. Os restantes infetados mantêm-se em isolamento domiciliário. Ainda segundo a Administração Regional de Saúde do Algarve, dos 111 casos positivos, 74 por cento estão localizados no concelho de Lagos, 17 por cento em Portimão, 06 por cento em Albufeira e 03 por cento noutros concelhos da região.

Direção-Geral mantém a indicação de 15 óbitos no Algarve, desde o início da pandemia, mas a Autoridade de Saúde Regional garante que são  17

No relatório diário sobre a situação epidemiológica em Portugal, a Direção-Geral da Saúde, no dia 24 de Junho de 2020, continua a apontar um total de 15 óbitos no Algarve, desde o início desta pandemia. A Delegada de Saúde Regional do Algarve, Ana Cristina Guerreiro, na habitual conferência de imprensa quinzenal, em Loulé, a 19 de Junho, manteve a indicação de 17 mortes, como o Litoralgarve tem feito referência.

Os óbitos conhecidos no Algarve são:

– 3 em Portimão

As vítimas mais recentes de Covid-19, recorde-se, são um cidadão sexagenário, de nacionalidade espanhola, que vivia neste concelho do barlavento algarvio, e uma senhora idosa, portuguesa, que tinha em Portimão a sua segunda habitação. Acabou por falecer nesta cidade. O seu local de residência habitual era em Lisboa.

 – 1 em Quarteira, no concelho de Loulé

–  5 em Boliqueime, no concelho de Loulé

 – 1 no concelho de São Brás de Alportel

–  2 em Vila Real de Santo António

 – 2 no concelho de Albufeira

–  2 no concelho de Lagoa

Mais casos de recuperação continuam concentrados no concelho de Loulé  

Casos de recuperação conhecidos:

– 83 no concelho de Loulé

– 72 no concelho de Albufeira

– 53 no concelho de Faro

– 41 no concelho de Portimão, segundo a Câmara Municipal

 -29 no concelho de Tavira

– 15 no concelho de Vila Real de Santo António

18 no concelho de Silves

– 14 no concelho de Olhão

– 08 no concelho de Lagoa

– 04 em Lagos

– 02 no concelho de Castro Marim

– 01 no concelho de Monchique

– 02 no concelho de São Brás de Alportel

Portimão já tem 33 casos ativos

O concelho de Loulé, de acordo com informações recolhidas, contabiliza, no total, desde o início da pandemia, 103 casos de infeção em números acumulados. Segue-se, com 96 casos, o concelho de Albufeira. Faro (63), Tavira (38), Silves (23), Vila Real de Santo António (20) e Olhão e Lagoa, ambos com 14 casos, estão a seguir nesta lista. Já em Portimão, segundo indica a Câmara Municipal, o número de casos ativos subiu para 33 (mais 05 – quatro do sexo masculino e um do sexo feminino). Três desses casos dizem respeito a residentes em Portimão, sendo dois de nacionalidade portuguesa e um de nacionalidade cabo-verdiana, a que se junta um quarto caso mais recente e em relação ao qual, de acordo com a autarquia, ainda não foi possível determinar a residência. O quinto caso é de uma senhora residente em Monchique.

No concelho de Castro Marim, a Direção-Geral da Saúde continua a apontar  03 casos de infeção em números acumulados. O concelho de Lagos tem, agora, segundo informações recolhidas, 89 casos ativos, na sequência da festa ilegal em Odiáxere.

Em São Brás de Alportel estão registados  04 casos de infeção, dois deles já dados como recuperados. O concelho de Monchique, segundo a Direção-Geral da Saúde, tem confirmados 08 casos. No concelho de Vila do Bispo, aquela entidade indica 04 pessoas infetadas. Até à data, só os concelhos de Alcoutim e de Aljezur continuam sem casos relacionados com este vírus.

O Boletim Epidemiológico emitido diariamente pela Direção-Geral da Saúde indica, apenas, o “total de notificações clínicas no sistema SINAVE, correspondente a 91 por cento dos casos confirmados.” E quando os casos confirmados são “inferiores a três, por motivos de confidencialidade, os dados não são apresentados”. Daí poder existir discrepância entre números divulgados.

Autor: José Manuel Oliveira