Pedro Araújo salva quatro match points e avança no regresso ao Loulé Open

Lisboeta foi o único português a avançar no quadro principal

Pedro Araújo qualificou-se esta quinta-feira para a segunda ronda do quadro principal de singulares do Loulé Open, torneio internacional de 25.000 dólares que o Clube de Ténis de Loulé organiza pelo 12.º ano consecutivo e com os apoios da Câmara Municipal de Loulé e da Federação Portuguesa de Ténis. Tiago Cação, Luís Faria e Fábio Coelho não conseguiram o mesmo desfecho e despediram-se na eliminatória inaugural.

De regresso ao clube onde há cinco meses atingiu pela primeira vez as meias-finais de uma prova desta dimensão, o jovem lisboeta de 19 anos (número 758 do ranking ATP) surpreendeu o norueguês Viktor Durasovic (323.º e quinto cabeça de série) depois de três partidas, com os parciais de 4-6, 7-6(6) e 15-13.

Para vencer, Pedro Araújo precisou de superar quatro match points e um formato improvisado — devido ao atraso considerável causado pelas condições meteorológicas das jornadas anteriores, o set final dos encontros da primeira ronda foi substituído por um match tie-break (até aos 10 pontos).

A viver um bom arranque de temporada, o vice-campeão nacional absoluto marcou encontro na segunda eliminatória com o espanhol Pablo Llamas Ruiz (515.º), responsável pela eliminação do holandês Alec Deckers (891.º e filho de um ex-campeão de Wimbledon, Richard Krajicek) por 5-7, 6-4 e 10-7.

Semifinalista na edição transata, Pedro Araújo foi o único português a conseguir seguir para a segunda ronda. Antes, Tiago Cação (480.º) desistiu, lesionado no cotovelo direito, quando perdia por 6-1 e 2-0 com Alejandro Moro Canas (481.º); e mais tarde quer Luís Faria (6-2 e 7-6[2] favoráveis a Alexander Donski), quer Fábio Coelho (7-5 e 6-3 para Makoto Ochi) perderam frente a jogadores que começaram a jornada a ultrapassar a derradeira ronda do qualifying.

A fechar o dia, destaque para a vitória sofrida do campeão em título, Kaichi Uchida. O japonês, número 251 mundial e primeiro cabeça de série, teve de salvar quatro match points no match tie-break antes de selar o triunfo por 7-6(2), 1-6 e 12-10 contra Alberto Barroso Campos (596.º).

Para sexta-feira, a partir das 10 horas, estão agendados os oito encontros da segunda ronda de singulares, bem como a primeira eliminatória de pares e ainda os quartos de final. Só no sábado será levada a cabo uma jornada dupla para recuperar a programação na variante de singulares, com os quartos de final e as meias-finais.

PUBLICIDADE