Nos dias 5 e 6 de Julho, há festa nos terraços de Faro

Espaços inusitados e inacessíveis ao público recebem concertos, performances, exposições, conversas, entre outras iniciativas. São 35 as açoteias que acolhem o Açoteia – Faro Rooftop Festival

Nos dias 5 e 6 de julho, Faro recebe a terceira edição do Açoteia – Faro Rooftop Festival, numa organização do Município de Faro e do Teatro Municipal de Faro, que proporciona um olhar sobre a capital algarvia e a Ria Formosa de outra perspetiva.

O que é uma açoteia? A origem árabe da palavra designa um espaço aberto de trabalho na zona superior da casa ou no telhado, onde se finalizava a secagem dos frutos e o posterior armazenamento para consumo próprio ou venda. Com o tempo, estes espaços ficaram esquecidos ou tornaram-se zonas de arrumos, estendais ou ficaram desprovidos de qualquer função, até ganharem popularidade enquanto zonas de lazer, comummente designados por terraços ou rooftops.

A maioria das 35 açoteias que recebe esta iniciativa não está, por norma, acessível ao público, por ser privada ou estar restrita às funções técnicas dos edifícios, porém, durante estes dois dias, vai poder receber visitantes. É o caso da açoteia da Igreja do Carmo, pela primeira vez aberta e onde vão decorrer observações astronómicas e concertos de kora (instrumento musical africano) ou a torre do mirante do Museu Municipal de Faro, único local em que as freiras em clausura do antigo convento podiam vislumbrar o mundo exterior. Nesse sentido, enquanto alguns terraços têm capacidade para receber cerca de 100 pessoas, outros podem receber apenas duas, o que convida a experiências mais intimistas ou imersivas.

Ao todo, há 200 ações previstas para os dois dias de festival. Bonga, Luís Trigacheiro, JP Simões, Manuel João Vieira, Olavo Bilac, Domingos Caetano (Íris) e Jorge Benvinda (Virgem Suta), são alguns dos nomes que vão animar as açoteias com atuações musicais.

Haverá também DJ’s, rádio em direto – a Rádio Universitária do Algarve (RUA FM) instala-se numa açoteia para fazer uma emissão ao vivo -, performances de dança, declamações de poesia, concertos de taças tibetanas, animação de areia ou experiências gastronómicas. No terraço do Mercado Municipal de Faro, realiza-se o “Artistas & Fleas – o market mais cool do Algarve”.

A Fábrica da Cerveja recebe a dupla Fernando Alvim e Nuno Artur Silva, que promete surpreender com soluções criativas a dar às açoteias no espetáculo “Mas afinal qual é a ideia?”, na sexta-feira, às 21h30. Na madrugada de sábado, a partir das 04h30, o lugar transforma-se em cinema ao ar livre, em que será projetada uma película surpresa, que culmina com um pequeno almoço recheado de iguarias locais, por volta das 06h20.

O festival recebe também “Dressed for Space”, de Patrick J. O’Reilly, que passou por uma residência artística em Roterdão, a exposição “Catálogo Açoteia”, numa parceria com o Festival de Roterdão e a artista sérvia Sara Vuletic, que se estreia em Portugal com “Sonas.Music”.

Num tom mais sério, serão também discutidas políticas públicas com foco na arquitetura, construção, sustentabilidade e nas cidades do futuro. As açoteias revelam-se cada vez mais espaços multiusos que podem ter um papel importante na redução da pegada ecológica e na vida em comunidade e, nesse sentido, torna-se imperativo o intercâmbio de experiências entre cidades europeias, como é o caso da European Creative Rooftop Network (ECRN), que já conta com  Barcelona, Belfast, Roterdão, Gotemburgo, Amesterdão, Antuérpia, Nicósia e Chemnitz. 

Um dos principais objetivos da ECRN é levar os governos, municípios, ONG’s e populações a refletir e colocar em prática o uso criativo das açoteias.

A primeira edição do Açoteia – Faro Rooftop Festival aconteceu em 2019 e contou com a participação de 18 açoteias. Em 2023, a segunda edição do Festival recebeu cerca de 7 mil visitantes nas 35 açoteias participantes.

Este ano, 45 associações, instituições públicas, empresas e particulares mobilizaram-se para a concretização do Açoteia, evento que pretende dinamizar locais inutilizados da cidade e potenciar a criatividade do seu uso, com três grandes eixos: cultura, sustentabilidade e comunidade.

O Açoteia – Faro Rooftop Festival realiza-se nos dias 5 e 6 de julho, a partir das 18h00. A entrada custa 5€ por pessoa por dia – os bilhetes adquirem-se apenas nos locais. Até aos 12 anos e em algumas açoteias o acesso é gratuito.

AÇOTEIA – FARO ROOFTOP FESTIVAL

Ver programa completo: https://www.acoteia.pt Instagram: @festival_acoteia e @municipiodefaro