Município de Lagos acolhe sessão de esclarecimento sobre contratação de nadadores salvadores

A sessão promovida pela ACT – Autoridade para as Condições do Trabalho com o apoio da autarquia lacobrigense decorreu no Auditório Paços do Concelho Séc. XXI e visou sensibilizar para as regras na contratação destes elementos de assistência e salvamento a banhistas tão essenciais para a segurança das praias.

Na sessão estiveram presentes representantes de concessionários/concorrentes a TUP – Títulos de Utilização Privativa em domínio público marítimo de Lagos, mas também de municípios como Albufeira, Aljezur, Faro, Lagoa, Silves, Portimão e Vila do Bispo, assim como os capitães dos portos de Lagos e Portimão, juntas de freguesia e associações de nadadores salvadores.

A ação teve como oradores os representantes da ACT do barlavento algarvio, os quais esclareceram o público sobre as novas regras do Código do Trabalho, associadas a esta atividade, que entrarão em vigor a 1 de maio, em antecipação ao início da época balnear. Informar e alertar os vários envolvidos para as condições de trabalho dignas, adequadas e reguladas para nadadores salvadores foi o foco da sessão. De destacar que este setor, grandemente afetado pela pandemia, tem tido problemas de escassez de mão-de-obra e oferta formativa em todo o país.

Tendo recebido estas competências em 2019, o município de Lagos continuará a desenvolver estratégias para conceder o apoio necessário a uma adequada vigilância nas suas praias, para uma maior segurança e comodidade para todos os que visitam e usufruem das praias do concelho.