Militar da GNR de Faro com Covid-19 e posto encerrado para desinfestação

Tinha estado em contacto com imigrantes de origem asiástica, os quais se encontram de quarentena no pavilhão de uma escola na capital algarvia, após alguns deles apresentarem sintomas do vírus.

O Posto Territorial de Faro da Guarda Nacional Republicana (GNR) foi encerrado nesta quarta-feira, dia 25 de Março, para desinfestação, e os seus efetivos encontram-se em casa, de quarentena, após um dos seus militares ter sido contagiado com o novo coronavírus, Covid-19.

Segundo informações recolhidas pelo «Litoralgarve», esse operacional da GNR tinha estado em contacto com um grupo de 74 trabalhadores agrícolas de origem asiática, que desde a passada segunda-feira, dia 16, se encontra de quarentena no pavilhão da Escola EB 2/3 Santo António, em Faro, após alguns deles apresentarem sintomas compatíveis com o novo coronavírus.

Serviço é assegurado por militares de outros postos

da GNR do Algarve

O Posto Territorial, agora encerrado para desinfestação, está inserido nas instalações do Comando Territorial de Faro da GNR, com sede no Largo São Sebastião, nesta cidade. O serviço é assegurado, durante esta fase, por militares de outros postos territoriais do Algarve.

José Manuel Oliveira

Mais Artigos