Mário Cunha candidato CDU ao Parlamento Europeu

Com a apresentação da lista completa da CDU ao Parlamento Europeu, que ocorreu no passado dia 18 de Abril em Lisboa, foi tornado público que Mário Cunha integra essa mesma lista.

Mário Rodrigo de Sousa Cunha, tem 38 anos, é advogado e mediador de conflitos. Residente em São Brás de Alportel, ligado ao associativismo, integra os corpos sociais da Associação Al-Portel e é membro fundador do Grupo de Jogos de Tabuleiro de São Brás de Alportel. Faz parte dos corpos sociais Associação Portuguesa de Juristas Democratas e é dirigente do Movimento de Utentes dos Serviços Públicos. A nível político é eleito na Assembleia Municipal de São Brás de Alportel, membro da Comissão Concelhia de São Brás de Alportel do PCP e da Direcção da Organização Regional do Algarve do PCP.

A presença de Mário Cunha na lista da CDU, para o Parlamento Europeu, será uma oportunidade para dar expressão aos problemas e aspirações dos trabalhadores e das populações algarvias que se vêm confrontadas com a falta de soluções no dia-a-dia. Conhecedor da realidade algarvia, o candidato do Algarve, irá participar na campanha regional que a CDU vai realizar até 9 de Junho, numa continuação do muito trabalho que tem sido feito pelos muitos activistas CDU, no sentido de apresentação das nossas propostas e projecto distintivo.

Propostas que vão no sentido de defender no Parlamento Europeu a valorização do trabalho e dos trabalhadores – com o aumento dos salários e das pensões, de combate às políticas de imposição do modelo único de desenvolvimento da região e por uma maior diversificação da actividade económica, da melhoria dos transportes, de soluções para a grave crise da habitação, com a denúncia das consequências das privatizações, com a reivindicação de mais investimento público e de desenvolvimento dos serviços públicos melhorando as condições de vida de quem vive, trabalha, estuda ou visita a região.

As mulheres e homens, que integram a Candidatura da CDU, tal como Mário Cunha, dão confiança pelo compromisso que assumem com o povo na defesa dos seus direitos, das suas condições de vida, do direito a um caminho de desenvolvimento, de uma política que harmonize o desenvolvimento e a natureza garantindo um ambiente ecologicamente equilibrado, na afirmação da soberania nacional, comprometidos com a defesa de quem trabalha, pela repartição mais justa da riqueza por quem a produz e que assumem papel destacado na batalha por um Portugal democrático e desenvolvido numa Europa de paz, soberania, progresso social e cooperação entre todos os povos.

É preciso dar força à CDU para defender intransigentemente os interesses nacionais no Parlamento Europeu, face às imposições e constrangimentos impostos pela UE, que são defendidos em Portugal por PS, PSD, CDS, CH e IL.

Mário Cunha participou, solidariamente, junto com uma delegação da CDU, na acção de protesto dos trabalhadores dos CTT, no passado Sábado em Faro. É justa a luta destes trabalhadores contra as imposições da empresa e por aumentos salariais.

Mais Artigos