Inauguração de estrutura social de apoio à infância e terceira idade são o ponto alto do dia do município

A inauguração da Estrutura Residencial para Pessoas Idosas, Centro de Dia, Serviço de Apoio Domiciliário e Creche de Olhos de Água, traduziu-se no ponto alto das Comemorações do Município de Albufeira deste ano. Trata-se de uma obra no valor de cerca de cinco milhões e oitocentos mil euros, dos quais cerca de um milhão e meio foi comparticipado por Fundos Comunitários. Esta estrutura social será gerida pela Santa Casa da Misericórdia de Albufeira, entidade com a qual foi firmado um protocolo para o efeito. Um dia em que também se assistiu à inauguração do Brasão do concelho em pedra de 2x2m e de uma instalação artística, bem como à entrega de Medalhas de Bronze, Prata e Ouro aos trabalhadores do Município e ao concerto de Glória Gaynor, só poderia terminar apoteoticamente com um espetáculo piromusical.

O Dia do Município de Albufeira foi marcado este ano pela solenidade, pela arte, pela ação social e por dois grandes concertos, culminando as celebrações num espetáculo piromusical. Depois do cerimonial do Hastear das Bandeira ao som do Hino Nacional pela centenária Banda Musical e Recreio Popular de Paderne, e Guarda de Honra pelos Bombeiros Voluntários de Albufeira, seguiu-se a inauguração de uma réplica do brasão do concelho, em pedra de 2mx2m, feita por Orlando Sousa, mestre de cantaria de Ferreiras, ao que se seguiu a inauguração de “Primavera”, uma instalação da albufeirense Vanessa Barragão. Seguiu-se, no Salão Nobre, a Sessão Solene do Dia do Município, com a entrega de Medalhas de Bons Serviços Municipais de graus Bronze, Prata e Ouro aos trabalhadores do Município. “Neste dia tão rico de História não cruzo os braços nem desisto de uma Albufeira segura, com boas condições de vida para todos, com tranquilidade e com tempo para a vida, que é tão escassa. E quero tudo isto para os trabalhadores deste Município que não têm, geralmente, dias fáceis”, referiu o presidente da Câmara Municipal no seu discurso.

Ao final da tarde, a inauguração da Estrutura Residencial para Pessoas Idosas, Centro de Dia, Serviço de Apoio Domiciliário e Creche de Olhos de Água, contou com numerosa população, que passa a ter já a partir do dia 1 de setembro uma nova creche em funcionamento. A Creche tem capacidade para 46 crianças, enquanto as restantes valências podem acolher um total de 132 utentes: 57 idosos (ERPI), 35 idosos (em Centro de Dia), mais 40 utentes do Serviço de Apoio Domiciliário. A gestão do espaço, cuja primeira pedra foi lançada a 28 de maio de 2020, fica a cargo da Santa Casa da Misericórdia, entidade com qual o Município assinou um protocolo para o efeito logo após a bênção das instalações pelo pároco de Albufeira e Olhos de Água, o Pe. Flávio Martins. Refira-se que apenas a Creche vai funcionar já em setembro, com vista a colmatar as necessidades mais prementes, sendo que as restantes valências prevê-se que abram a partir de Janeiro, uma vez que ainda falta assinar o Acordo de Cooperação com a Segurança Social. Trata-se de um investimento do Município de cerca de cinco milhões e oitocentos mil euros, dos quais cerca de um milhão e meio foi comparticipado por fundos comunitários (CRESC Algarve 2020, Portugal 2020 e União Europeia através do FEDER). Com uma volumetria de 3.880,72 metros quadrados, distribuídos por duas áreas distintas: uma destinada exclusivamente a Creche e outra ao Centro de Dia e Estrutura Residencial para Idosos (ERPI), ambas com entradas independentes, esta estrutura dispõe ainda de uma área de 1350 metros quadrados de área exterior, onde constam uma horta biológica, parques infantis e jardins de repouso. O projeto foi elaborado por Marco Caldeira e a construção ficou a cargo da empresa Telhabel – construções SA.