Homem assalta residência no concelho de Loulé, de onde leva vestuário e material eletrónico, entre outros artigos

Militares da GNR de Loulé conseguiram recuperar os produtos furtados, após denúncia do proprietário da moradia e diligências efectuadas no local. O suspeito, de 29 anos, foi constituído arguido, mantendo-se em liberdade.

José Manuel Oliveira

Um homem, de 29 anos de idade, foi constituído arguido no Posto Territorial de Loulé da Guarda Nacional Republicana (GNR), na passada terça-feira, dia 16 de Janeiro de 2024, devido a furto numa residência situada neste concelho.

Artigos furtados estavam na posse do autor do assalto

“No âmbito de uma denúncia a dar conta de que uma residência tinha sido alvo de furto, e mediante a descrição do suspeito, os militares da Guarda deslocaram-se para o local e no seguimento das diligências policiais realizadas conseguiram localizar, nas imediações, o suspeito, que estava na posse de vários artigos de vestuário, [nomeadamente calças e blusões], material eletrónico e diversas ferramentas, os quais foram recuperados”, informou o Comando Territorial de Faro da GNR, em comunicado divulgado na sexta-feira, dia 19 de Janeiro de 2024.

Factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Loulé

Aquela força de segurança acrescentou que os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Loulé. Não foram adiantados mais detalhes sobre esta operação.