Escuteiros do Agrupamento 1398 entregaram aos portimonenses baldes para a separação de restos de comida

No sábado, dia 20 de abril, os escuteiros da Paróquia de Nossa Senhora do Amparo colocaram-se ao serviço do projeto de Separação Seletiva de Resíduos Orgânicos, promovido pela EMARP, e numa ação de sensibilização porta-a-porta entregaram baldes para que os residentes da área-piloto introduzam uma nova rotina no seu quotidiano – a separação dos restos de comida.

A ação, que decorreu na parte da manhã, contou com o empenho e boa disposição de 58 escuteiros, que com espírito de missão partilharam com os portimonenses a importância que um gesto tão simples tem na qualidade de vida da comunidade, recordando que a separação dos resíduos orgânicos evita que estes recursos sejam depositados em aterro, permitindo que possam ser transformados em fertilizante 100% natural.

O consumo consciente e a gestão adequada dos resíduos produzidos são essenciais para preservar os recursos naturais e garantir a sustentabilidade do planeta, assegurando a qualidade de vida de todas as gerações.

Os munícipes que pretendam iniciar a prática da separação de restos de comida podem levantar gratuitamente um balde na área de atendimento da empresa ou enviar um email para organicos@emarp.pt solicitando a entrega do mesmo na sua residência.

Agrupamento1398 da Paróquia de Nossa Senhora do Amparo

O agrupamento, pertencente ao Corpo Nacional de Escutas, foi inaugurado em 2 de dezembro de 2017 e tem a sua sede no Centro Social Paroquial de Nossa Senhora do Amparo, em Portimão.

Ao longo de 6 anos, o agrupamento cresceu exponencialmente tendo à data um efetivo de 140 elementos.

De forma a cumprir a sua missão no escutismo (promotora de uma educação não formal), o agrupamento tem como objetivo ajudar as crianças e os jovens a desenvolver integralmente as suas capacidades e a sua autonomia, para que se tornem membros ativos e responsáveis na sociedade.

Mais Artigos