Equipa da AMAL visita o Parque Natural da Ria Formosa

Com um espírito de verdadeiro convívio, os colaboradores da AMAL estiveram reunidos numa iniciativa fora do ambiente de trabalho, que os levou até à sede do Parque Natural da Ria Formosa (PNRF), na Quinta de Marim, concelho de Olhão. A iniciativa, que decorreu na passada quinta-feira, 09 de maio, permitiu dar a conhecer melhor um dos locais em que a Comunidade Intermunicipal do Algarve está a desenvolver projetos, em parceria com outras entidades.

A AMAL e o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) colaboram, atualmente, através do apoio técnico que garantem à Comissão de Cogestão do Parque Natural da Ria Formosa (PNRF) e da Reserva Natural do Sapal de Castro Marim e Vila Real de Santo António, e que incide nos que incide nos domínios da promoção, sensibilização e comunicação destas áreas protegidas. Neste âmbito, todos os colaboradores da Comunidade Intermunicipal do Algarve tiveram a oportunidade de ficar a conhecer melhor, no terreno, um dos locais em que a AMAL está a trabalhar no desenvolvimento de projetos, juntamente com outras entidades.

A visita à Quinta de Marim começou com um passeio pelo trilho interpretativo do Centro de Educação Ambiental de Marim (CEAM), guiado pelas técnicas do ICNF Ana Xavier e Paula Martins, e que incluiu uma visita ao Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens (RIAS), para dar a conhecer o trabalho que ali é desenvolvido. Já no período da tarde, teve lugar uma conversa, conduzida por Maria João Neves, no formato Café Filosófico, em pleno parque de merendas, em que foi possível a troca de opiniões sobre a (des)conexão do ser humano com a natureza.

Foi, mais uma vez, fundamental poder integrar neste passeio um dos colaboradores da AMAL com mobilidade reduzida, sendo que, para o efeito, contou-se com a colaboração da Almargem/Via Algarviana, que disponibilizou uma cadeira Joelette e a boa disposição de duas técnicas. A Joelette é uma cadeira que permite que pessoas com mobilidade reduzida possam fazer percursos pedestres, com o apoio de dois técnicos, e está disponível nos percursos da Via Algarviana.

Informação adicional nesta página: ????https://viaalgarviana.org/884/joelette

Esta jornada, na sede do Parque Natural da Ria Formosa, em Olhão, assumiu uma grande importância, permitindo, não só dar a conhecer um pouco mais sobre o valioso património natural e cultural da região, como também fortalecer o espírito de equipa e de proximidade, promovendo um dia bem passado, “fora de portas”.

Informação complementar:

A Ria Formosa é a maior zona húmida do sul de Portugal e uma das áreas do país mais ricas em biodiversidade. O Parque Natural da Ria Formosa (PNRF) está situado no sotavento algarvio, assente na importante zona lagunar aí existente. O PNRF cobre uma superfície de cerca de 18.000 ha, incluindo a área submersa abrangendo os concelhos de Faro, Loulé, Olhão, Tavira e Vila Real de Santo António. A Reserva Natural da Ria Formosa foi constituída em 1978, tendo sido reclassificada como Parque Natural em 1987.

No caso do PNRF, a AMAL presta apoio técnico em representação dos municípios de Faro, Loulé, Olhão, Tavira e Vila Real de Santo António. No caso da Reserva Natural do Sapal de Castro Marim e Vila Real de Santo António, representa os municípios de Castro Marim e Vila Real de Santo António.