Eleições na Distrital de Faro do Chega – Pedro Xavier, candidato da lista B, aponta prioridades ao ‘Litoralgarve’: “Unir os militantes e vencer as eleições autárquicas de 2025”

Numa curta entrevista por escrito ao ‘Litoralgarve’, Pedro Xavier, que encabeça a lista B como candidato a presidente da Comissão Política Distrital de Faro do Chega, às eleições a realizar no domingo, dia 05 de Maio, explica o que pretende para o partido nesta região nos próximos três anos. E, de forma subtil, deixa recados ao actual líder do Chega no Algarve, o deputado João Graça.

José Manuel Oliveira

Litoralgarve – Quando o senhor se candidatou à presidência da Comissão Política Distrital de Faro do Chega, pela lista B, deu conhecimento dessa situação ao atual detentor do cargo, João Graça? O que lhe disse e como é que ele reagiu?

Pedro Xavier – De acordo com os meus valores e princípios democráticos, informei pessoalmente e presencialmente, João Graça da minha candidatura à Comissão Política Distrital.

“O Partido CHEGA no Algarve deve ser uma entidade que deve estar próximo das bases, dos seus militantes, deve dar-se a conhecer à sociedade e tomar posição sobre os assuntos relevantes”

Litoralgarve – Qual a avaliação que faz sobre este mandato de João Graça, numa altura em que o Chega passou de um para três deputados na Assembleia da República pelo Círculo Eleitoral de Faro?

Pedro Xavier – O Partido CHEGA no Algarve deve ser uma entidade que deve estar próximo das bases, dos seus militantes, deve dar-se a conhecer à sociedade e tomar posição sobre os assuntos relevantes, para que o desenvolvimento socioeconómico da região seja sustentável.

“Temos 3 grandes objectos para o mandato de três anos”

Litoralgarve – E quais são as suas prioridades para o próximo mandato?

Pedro Xavier – Temos 3 grandes objectos para o mandato de três anos: unir os militantes, dar a conhecer as políticas regionais do Partido CHEGA aos militantes da região e vencer as eleições autárquicas de 2025. 

“Os militantes do Partido CHEGA necessitam de mais e melhor informação sobre os problemas da região, necessitam de ser ouvidos pelos seus órgãos políticos”

Litoralgarve – Como decorreu esta campanha eleitoral? Visitou todas as concelhias do Algarve? O que lhe disseram os militantes do partido? Que preocupações manifestaram?

Pedro Xavier – A campanha eleitoral decorre de forma democrática e com elevação, a nossa candidatura efectuou contacto com muitos militantes de forma directa, ouvindo as suas necessidades e insatisfações. Os militantes do Partido CHEGA necessitam de mais e melhor informação sobre os problemas da região, necessitam de ser ouvidos pelos seus órgãos políticos e serem acompanhados na defesa da região.

“Em 2021, fui convidado a ser candidato independente ao Município de Portimão pelo Partido CHEGA, onde conseguimos o melhor resultado do Algarve e um dos melhores do país”

Litoralgarve – O senhor já foi vereador do PSD na Câmara Municipal de Portimão, na qual suportou uma maioria do PS, liderada por Isilda Gomes. O que o fez mudar de partido e tornar-se militante do Chega? 

Pedro Xavier – Não mudei de Partido, nunca fui militante do Partido Socialista. Em 2021, fui convidado a ser candidato independente ao Município de Portimão pelo Partido CHEGA, onde conseguimos o melhor resultado do Algarve e um dos melhores do país. Atualmente, sou militante do Partido CHEGA.

Mais Artigos