Deputado João Graça, reeleito presidente da Comissão Política Distrital de Faro do Chega, ao ‘Litoralgarve’: “Desde o primeiro momento, sabíamos que os militantes, perante o nosso trabalho, seriam muito claros na sua intenção de votos”

Conseguiu 65,3 por cento dos votos na sua lista, a A, nas eleições realizadas no passado domingo, dia 05 de Maio. Votaram cerca de trezentos militantes. Já o líder da lista B, Pedro Xavier, chegou a 34,4 por cento.

José Manuel Oliveira

Com um recorde de participação dos militantes do Chega no Algarve, João Paulo da Silva Graça, de 50 anos, residente em Sagres, no concelho de Vila do Bispo, edeputado na Assembleia da República, foi reeleito presidente da Comissão Política Distrital de Faro do partido, ao garantir 65,3 por cento dos votos na sua lista, a A, nas eleições realizadas no passado domingo, dia 05 de Maio. O novo mandato terminará em 2027.

Paulo Rosário Dias, líder da Concelhia de Lagos do Chega e deputado na Assembleia Municipal de Lagos, preside ao Conselho de Jurisdição da Distrital de Faro 

Como o ‘Litoralgarve’ já referiu noutras reportagens,Sandra Ribeiro, agora também deputada na Assembleia da República pelo Círculo Eleitoral de Faro, e Sandra Castro, deputada na Assembleia Municipal de Loulé,foram reeleitas vice-presidentes da Comissão Política Distrital de Faro do Chega

Com a vitória da lista A, Paulo Jorge Rosário Dias, que lidera a Concelhia de Lagos do Chega, sendo deputado na Assembleia Municipal de Lagos, é o novo presidente do Conselho de Jurisdição da Distrital de Faro do partido, ao conseguir 67 por cento dos votos.

Pedro Xavier alcançou 34,4 por cento da votação pela lista B

Por seu turno, a lista B, liderada por Pedro Xavier,vereador do Chega na Câmara Municipal de Portimão, alcançou 34,4 por cento da votação para a Comissão Política Distrital de Faro. Já para o Conselho de Jurisdição, a mesma lista, encabeçada por Túlio Costa, militante em Tavira, chegou a 32,7 por cento.   

“Só a Nacional tem o número exato [de militantes no Algarve], pois todos os dias se inscrevem militantes”. Nestas eleições para a Distrital de Faro, votaram “cerca de trezentos”, disse, ao nosso Jornal, o deputado João Paulo Graça

Litoralgarve – Qual é o número de militantes do Chega no Algarve?

João Paulo Graça – Só a Nacional tem o número exato, pois todos os dias se inscrevem militantes.

Litoralgarve – E qual o número de votantes nas eleições realizadas no Domingo, 06 de Maio de 2024, em Faro?

João Paulo Graça – Cerca de 300.

Litoralgarve – Como foi a votação em comparação com os votos registados nas anteriores eleições?

João Paulo Graça – Muito satisfatória, batemos recorde de participação. A votação mais concorrida tinha atingido a marca de 220 votos.

Os votos na lista A e na lista B

Votos na lista A

Comissão Política Distrital – 65,3 por cento

Conselho de Jurisdição – 67

Votos na lista B

Comissão Política Distrital – 34,4 por cento

Conselho de Jurisdição – 32,7

Votos em branco

Em ambos os órgãos – 1

Votos nulos

0

Não gosto de festejar vitórias antecipadas”

Litoralgarve – Como reage a estes resultados e à sua reeleição como presidente da Comissão Política da Distrital de Faro do Chega?

João Paulo Graça – Com naturalidade. Não gosto de festejar vitórias antecipadas, mas desde o primeiro momento que sabíamos que os militantes, perante o nosso trabalho, seriam muito claros na sua intenção de votos.

A preparar as eleições europeias, no dia 09 de Junho, e as autárquicas, em Setembro ou Outubro de 2025

Litoralgarve – Quando e onde terá lugar a tomada de posse dos dirigentes eleitos?

João Paulo Silva – Ainda estamos a agendar junto da Mesa Distrital, mas será o mais breve possível em virtude das eleições Europeias e a preparação das Autárquicas. Informarei assim que possível.

Três deputados do Chega na Assembleia da República pelo Círculo Eleitoral de Faro, onde é, agora, a maior força política em termos percentuais

Recorde-se que, dos nove deputados eleitos pelo Círculo Eleitoral de Faro para a Assembleia da República, no dia 10 de Março de 2024, o CHEGA conseguiu passar de um para três, sendo agora a maior força política no Algarve, em termos percentuais. Ultrapassou o Partido Socialista e a Aliança Democrática (PSD, CDS/PP e PPM), tendo cada um conseguido três deputados.

Pedro Pinto, actual líder do Grupo Parlamentar, João Paulo Graça e Sandra Ribeiro são os deputados do Chega, que conquistou 27,19 por cento do eleitorado nesta região do sul do país, obtendo 64.228 votos. Isto, depois de chegar a 23.998 votos em 2022. Ou seja, alcançou mais 40.230 há dois meses.

Mais Artigos