Covid-19 – Faleceu um doente no Algarve, numa semana em que desceu até 1.505 o número de infetados com este vírus, aumentou para 22 o de hospitalizados e mais 944 pessoas surgiram curadas

Concelho de Faro continua a ser o que tem maior número de pessoas com Covid-19.

Faro

Apesar de ter registado um decréscimo ao nível de pessoas infetadas pela Covid-19, ainda foi o concelho de Faro que, pela terceira semana consecutiva nesta fase, contou com mais casos ativos no Algarve,  256  (menos 50 face à semana anterior, no dia 21/09/2022), revelou o Ponto de Situação, apresentado pela Comissão de Proteção Civil da Região do Algarve, a 30 de Setembro de 2022.

 

Loulé

De acordo com essa Nota Informativa nº. 38/2022 e tendo como fonte os dados apurados até às 24h00 do dia  28  de Setembro de 2022  pela Administração Regional de Saúde do Algarve, em segundo lugar manteve-se o concelho de Loulé, onde houve  220  casos ativos, ou seja, menos 16 pessoas contaminadas.

Portimão

O concelho de Portimão, onde se verificaram  200  casos ativos (menos  19), continuou na terceira posição ao nível de atingidos pela Covid-19 no Algarve.

 

 

Ainda      é      no     concelho     de      Alcoutim   onde       há      menos       contaminados  

Alcoutim

Numa altura em que os concelhos de Faro, Loulé e Portimão permanecem com maior número de pessoas infetadas por este vírus, o concelho de Alcoutim, com  12  casos  ativos  (mais  sete), mantém-se como o menos afetado pela pandemia.

 

 

Autoridades    de     saúde    do   Algarve  indicaram     22    hospitalizados   em   enfermarias,   com    Covid-19,   o   que    equivale    a    mais   três     doentes.  Unidades   de    Cuidados    Intensivos    permaneciam     sem    ocupantes.    E   há  um   mês     nem    ventilados

Hospitais de Portimão e Faro

nas enfermarias dos hospitais do Algarve encontravam-se   22   doentes com o novo coronavírus,  “até às 24:00 horas do dia  28  de Setembro de 2022”, o que, desta vez, correspondeu  a mais três do que na semana anterior  (nessa altura havia 19).

Pela  terceira   semana   consecutiva,  ninguém  estava internado  em Unidades   de  Cuidados  Intensivos, enquanto  pela  oitava  semana consecutiva   (dois    meses)  não  houve  registo  de  pessoas  ventiladas na Situação Epidemiológica da região algarvia.

Deste modo, e após duas semanas com descidas ao nível do número de hospitalizados, devido a esta pandemia, as autoridades de saúde registaram, agora, uma subida  de  19  para  22  pessoas internadas.

Menos     70     pessoas   infetadas    com     o    vírus    no     Algarve,    onde    desceram     para    1.505   os     casos     ativos,    numa     semana    em   que    ocorreu     um    óbito     e    registaram-se      944   recuperados   

CASOS ATIVOS E RECUPERADOS POR CONCELHO NA REGIÃO DO ALGARVE – 28 DE SETEMBRO DE 2022

Também com “dados até às 24:00 horas do dia  28  de Setembro de 2022”, a Situação Epidemiológica na Região registou, no Algarve,   1.505   casos  ativos, ou seja,  menos  70  doentes infetados com o novo coronavírus. Recorde-se que na semana anterior surgiram mais  245  pessoas atingidas pela pandemia.

Segundo o relatório das autoridades de saúde, foram contabilizadas  mais   944  recuperações   (na outra semana, 510), pelo que aumentou para   228.374  o cumulativo de recuperados, desde o início da pandemia, no dia 06 de Março de 2020, no Algarve.

Por outro lado, um doente faleceu, associado à Covid-19, na última semana no Algarve. Assim, o  total   de   óbitos, com esta doença, desde 2020, nesta região do sul do país, subiu para  919.

433    pessoas    em     Vigilância    Ativa,   o    que    corresponde    a    um    aumento,   e  1.483,    por    precaução,    no   Domicílio,    uma     redução      

No novo ponto de situação sobre esta doença no Algarve, foram contabilizadas  1.483  pessoas  (menos  73)  no Domicílio, por precaução,  e  433  em Vigilância Ativa  (mais 117).

As autoridades de saúde da região assinalaram um cumulativo de  230.798  casos de infeção confirmados, desde que a Covid-19 surgiu no dia  06 de Março de 2020. E desta vez, numa semana em que o número de doentes com Covid-19  baixou no Algarve, subiu o total de hospitalizados.

Terminou  a   informação   semanal   inerente   à Covid-19,   por   decisão   da   Comissão   Distrital de   Proteção   Civil   da    Região   do   Algarve, presidida   pelo   autarca   António   Pina,   após   ter   sido    desativado   o   Plano   Distrital   de Emergência   e   Proteção   Civil   com   o   fim  da Situação   de   Alerta  declarada  pelo  Governo,   no   âmbito    desta   pandemia

Na Nota Informativa nº. 38  /2022, enviada aos órgãos de comunicação social no dia 30 de Setembro de 2022, por indicação do presidente da Comissão de Proteção Civil da Região do Algarve, António Pina (presidente da Câmara Municipal de Olhão e da Comunidade Intermunicipal do Algarve), a secretária Carina Coelho informou o seguinte:   “Considerando que o Plano Distrital de Emergência e Proteção Civil foi desativado com o fim da Situação de Alerta declarada pelo Governo no âmbito da Lei de Bases de Proteção Civil, e por deliberação da Comissão Distrital de Proteção Civil da região do Algarve, termina o procedimento de envio da informação semanal inerente à COVID-19, que decorria da ativação do plano em apreço”.

José Manuel Oliveira

Paulo Silva

PUBLICIDADE