Covid-19 -Empresário hoteleiro, de 64 anos, é a mais recente vítima mortal residente em Lagos

Também sofria  de  outros  problemas  de   saúde.  Neste   concelho  já  foram  registados  28  óbitos  desde  2020,  quando  surgiu   o  vírus. 

Um homem, de 64 anos, empresário de hotelaria em Lagos, onde residia, é a mais recente vítima mortal com Covid-19 neste concelho, tendo sido sepultado na terça-feira, dia 13 de Julho de 2021, apurou o Litoralgarve. Há anos, trabalhou no Hotel Lagos.

Na sua página na rede social ‘Facebook’, a Câmara Municipal de Lagos tinha anunciado, no sábado, 10/07/2021, no gráfico relativo ao dia anterior, 09/07/2021, sobre a evolução da doença, “mais um óbito por Covid”, o que eleva, assim, para 28 o total de pessoas falecidas desde o início da pandemia, em 2020, neste concelho do barlavento algarvio.

“Não  quis  ser  vacinado”

De acordo com informações recolhidas pelo nosso Jornal, o empresário, divorciado e pai de dois filhos, um deles uma senhora que vive noutro país, ter-se-á deslocado a um hospital devido a problemas de saúde, quando lhe foi “detetado um cancro”, a que se juntou a “infeção proveniente da Covid-19”. “Não quis ser vacinado”, contou-nos quem conhecia a situação.

José Manuel Oliveira