Comemorações do primeiro centenário da cidade de Portimão evocam o passado, perspetivando o futuro

A tarde do passado sábado, 24 de fevereiro, foi marcada pela apresentação pública do programa comemorativo do centenário da cidade de Portimão, preparado pelo Município e assente num vasto conjunto de atividades inspiradas nas pessoas, tendo por base as memórias, o presente e o futuro.

A abrir a cerimónia, realizada no lotado auditório do Museu de Portimão, Giacomo Scalisi, responsável pela cooperativa Lavrar o Mar – entidade convidada pelo Município para pensar e concretizar o programa cultural de celebração do centenário – sublinhou que “haverá uma dimensão e respiração europeia, com forte presença das artes plásticas e de espetáculos de novo circo, teatro, música e dança”, resultando dos contributos do grupo de pensadores constituído para o efeito e ligado à cidade, com competências nos campos da antropologia, da arquitetura, das artes e da história, entre outras áreas.