Centro de Apoio e Intervenção em Crise do INEM recebe Prémio Nacional de Psicologia

Ordem dos Psicólogos Portugueses distingue trabalho feito no apoio aos cidadãos em tempos de crise

O Centro de Apoio e Intervenção em Crise (CAPIC) do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) foi distinguido com o Prémio Nacional de Psicologia 2022. Um Prémio atribuído pela Ordem dos Psicólogos Portugueses (OPP), que reconhece a crescente valorização da intervenção psicológica no contexto de emergência e a importância do apoio aos cidadãos em situações de especial complexidade e crise.

“Este prémio é ainda uma forma de reconhecimento do esforço de integração que o INEM tem feito com outros serviços do SNS, como as urgências hospitalares e o serviço de aconselhamento psicológico do SNS 24”, afirmou Renata Benavente, vice-presidente da Ordem dos Psicólogos na entrega do Prémio, ao anunciar o vencedor, numa cerimónia realizada no Auditório do Teatro Aveirense, que contou com a presença do Ministro da Educação João Costa e do Presidente da Câmara Municipal de Aveiro José Ribau Esteves.

Carlos Pereira, presidente do Conselho Diretivo do INEM, sublinhou o papel que os psicólogos têm no INEM, que se acentuou no contexto de pandemia. “Foram vividos momentos muito difíceis, também internamente. E os psicólogos garantiram que se dava essa resposta aos restantes profissionais”, destacou, agradecendo o apoio a Sónia Cunha, Responsável pelo Centro de Apoio Psicológico e Intervenção em Crise (CAPIC) do Instituto Nacional de Emergência Médica

O Prémio Nacional de Psicologia, atribuído pela Ordem dos Psicólogos Portugueses, tem por objetivo distinguir uma instituição cujo contributo para a afirmação da psicologia na sociedade seja especialmente meritório de reconhecimento público.

Este ano o prémio foi entregue no primeiro dia do 5.º Congresso da Ordem dos Psicólogos Portugueses, que se realiza entre 28 e 30 de setembro em Aveiro, pela mão do Bastonário Francisco Miranda Rodrigues.

PUBLICIDADE