Castro Marim é o município algarvio com a maior taxa de redução de consumo de água

O Município de Castro Marim é atualmente o concelho algarvio com a maior taxa de redução de consumo de água, sendo uma tendência que já se tinha verificado nos últimos meses.

Segundo os últimos dados disponibilizados pela Águas do Algarve, o Município de Castro Marim apresentou no mês de abril uma diferença de -36% relativamente ao mesmo período do ano passado, sendo o único concelho do sotavento a ficar colocado nos cinco primeiros lugares da tabela.

Estes são os resultados da gestão de eficiência hídrica, que nos últimos anos se tornou numa bandeira do Município de Castro Marim, com a aplicação de várias medidas e a aposta na sensibilização da sua comunidade.

O Município de Castro Marim, além de ter continuado com o alargamento das redes de abastecimento de água a população não servida, localizada no interior rural e na serra do concelho, levou a cabo um enorme investimento para combater a seca que afeta o território, a região e o país.

Através de obra física, da informatização e da dedicação pessoal de vários elementos-chave da estrutura do Município, foram instalados centenas de contadores com telemetria, que assim conseguem antecipar mais facilmente as ruturas e os consumos excessivos.

Foram ainda instalados contadores e feita a telegestão na maioria das áreas ajardinadas do espaço público, além do início dos procedimentos de construção e instalação de Zonas de Medição de Caudal (ZMC’s) em várias secções e nos principais pontos de abastecimento, que contribuem para uma intervenção mais rápida em ruturas não visíveis à superfície.

Atualmente os jardins públicos encontram-se sem rega há cerca de três meses e tem sido feito um controlo apertado aos elevados consumos de água no setor privado e no público, ao mesmo tempo que decorre uma campanha e uma ação de sensibilização direcionada aos grandes consumidores e aos consumidores com maiores acréscimos relativamente ao período homólogo.

O Município de Castro Marim considera que “Cada Gota Conta” e pretende manter estes níveis de poupança de água, apesar da chegada da época do verão, de ser um concelho com um número elevado de segundas habitações e porque passaram a existir grandes operadores a explorar unidades de turismo.

Mais Artigos