Antiga Lota de Portimão expõe imagens premiadas no principal concurso ibérico de fotojornalismo 

20 de agosto a 15 de outubro 

Após o sucesso da mostra relativa à World Press Photo, que ainda pode ser vista até 16 de agosto, a antiga Lota de Portimão recebe outra exposição de referência no fotojornalismo nacional e internacional, expondo entre 20 de agosto e 15 de outubro as fotografias distinguidas no Prémio Estação Imagem 2022 Coimbra, considerado o principal concurso do género a nível ibérico e um dos raros em todo o mundo sobre reportagem fotojornalística.  

Com inauguração marcada para as 18h30 de 19 de agosto, a mostra reúne as imagens distinguidas pelo júri internacional do galardão, ao qual podem concorrer profissionais lusos, galegos e oriundos de países africanos de expressão portuguesa, ou de outras nacionalidades que exerçam atividade nestes mesmos territórios. 

Conflito na Ucrânia e combate a incêndios 

Adra Pallón, fotojornalista galego que em 2022 cobriu diversos incêndios em Portugal e em Espanha, foi o vencedor da 13ª edição do prémio, com o trabalho “Lume e Cinza”, enquanto Rui Duarte Silva, do semanário Expresso, ganhou na categoria Notícias, com a reportagem “Ucrânia: Marcas da Guerra”. 

Num ano marcado pela invasão do território ucraniano por parte das tropas russas e pela violência dos incêndios florestais, os jurados premiaram ainda os fotojornalistas Leonel de Castro/Assuntos Contemporâneos, José Sarmento Matos/Vida Quotidiana, Brais Lourenzo Couto/Ambiente, Alex Paganelli/Retratos, e David Tiago/Desporto.  

De entrada livre e com produção da Associação Cultural Música XXI, coorganizada pela Estação Imagem e Câmara Municipal de Coimbra, esta exposição tem como parceiro itinerante o Município de Portimão e poderá ser visitada nos seguintes horários: de 20 de agosto a 3 de setembro – 19h00 às 24h00; de 4 a 23 de setembro: 16h00 às 21h00; de 24 de setembro a 1 de outubro – 14h00 às 19h00; de 2 a 15 de outubro – 10h30 às 16h30. 

Mais Artigos