Algarve vai aderir à Plataforma de Bilhética Nacional 1Bilhete.pt

A AMAL – Comunidade Intermunicipal do Algarve aprovou um acordo com o Instituto da Mobilidade e dos Transportes para aderir à Plataforma de Bilhética Nacional 1bilhete.pt. Esta adesão irá permitir tirar partido da maior integração de bilhética do país e implementar o sistema intermodal do Algarve de forma menos onerosa, mais simples e mais célere.

A decisão foi tomada na reunião ordinária do Conselho Intermunicipal, realizada no passado dia 08 de maio, a que se segue agora a assinatura do Acordo de Adesão a celebrar entre o Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT) e a AMAL, enquanto Autoridade de Transportes Regional do Algarve.

O projeto é liderado pelo IMT, terá abrangência nacional, e consiste na criação de uma plataforma tecnológica de bilhética intermodal que vai permitir a interoperabilidade entre os sistemas existentes, bem como a introdução de novos sistemas de bilhética. Facilitando a vida dos passageiros, a 1bilhete.pt irá possibilitar, por exemplo, adquirir e validar títulos de transporte de qualquer sistema de bilhética aderente, com qualquer cartão de transporte público ou aplicação móvel, não sendo necessária a compra de novo cartão ou a instalação de outra aplicação no telemóvel. Permitirá, também, criar títulos de viagem de transporte público de cobertura nacional e utilizar cartões bancários, em suporte físico ou virtual, para adquirir ou validar títulos de transporte, abrindo a possibilidade da atribuição de benefícios decorrentes da utilização de uma conta unificada. Garantirá, assim, a universalidade da utilização dos suportes e a integração de serviços de mobilidade do país.

A plataforma será implementada de forma faseada, de acordo com o desenvolvimento das diferentes soluções de bilhética: bilhética clássica até ao final deste ano; aplicações de bilhética móvel até ao final do segundo trimestre de 2024 e cartões e aplicações de pagamento bancário até ao final do próximo ano.

O desenvolvimento tecnológico da plataforma está a cargo da Transportes Metropolitanos de Lisboa (TML) e dos Transportes Intermodais do Porto (TIP), que têm a mesma base tecnológica e de segurança e que, de forma colaborativa, partilham recursos e conhecimento técnico para desenvolver o projeto, sob supervisão do Instituto da Mobilidade e dos Transportes.

O projeto global prevê um investimento de 2,7 milhões de euros, financiado pelo Fundo para o Serviço Público de Transportes, e as entidades com responsabilidades na área dos transportes, como é o caso da AMAL, beneficiam de acesso a investimentos para a implementação do sistema.

A Comunidade Intermunicipal do Algarve, como é do conhecimento público, tem estado a trabalhar para a criação de um passe único na região e já deu início ao desenvolvimento do sistema para a integração tarifária intermodal do transporte de passageiros. Neste momento, estão já estudados o zonamento, o tarifário, a repartição de receita e a regulamentação base, pelo que a adesão ao projeto 1Bilhete.pt representará um passo decisivo no sentido de criar as condições mínimas para implementar, numa primeira fase, um passe multimodal para todo o Algarve.

Por todas estas razões, a adesão da AMAL à Plataforma de Bilhética Nacional permitirá tirar partido da maior integração de bilhética do país e concretizar o sistema intermodal do Algarve de forma menos onerosa, mais simples e mais célere.

Mais Artigos