Albufeira – Detido por incêndio florestal

O Comando Territorial de Faro, através do Subdestacamento de Albufeira, ontem, dia 15 de agosto, deteve um homem de 50 anos por incêndio florestal, na localidade das Ferreiras, no concelho de Albufeira.

No seguimento de uma denúncia por incêndio florestal, os militares da Guarda deslocaram-se de imediato para o local, culminando na detenção em flagrante do suspeito. No decorrer da ação foi possível apurar-se que o suspeito efetuou uma queima de sobrantes que se descontrolou.

O detido foi constituído arguido, e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Albufeira.

Com esta detenção, a Guarda Nacional Republicana (GNR) já efetuou 68 detenções por incêndio florestal no presente ano de 2022, mais 16 que em todo o ano de 2021 (52 detenções).

A GNR relembra que:

  • As queimas e queimadas são das principais causas de incêndios em Portugal;
  • Em qualquer altura do ano é proibido queimar matos cortados e amontoados e qualquer tipo de sobrantes de exploração florestal ou agrícola bem como efetuar queimadas sem pedir autorização ou fazer comunicação prévia;
  • Para evitar acidentes siga as regras de segurança, esteja sempre acompanhado e leve consigo o telemóvel.