Agentes da PSP de Olhão conseguiram deter dois suspeitos por furto de cartões bancários no interior de uma viatura e posterior compra de bens em estabelecimentos comerciais

Já estão em liberdade, tendo-lhes sido aplicada a medida de coação de Termo de Identidade e Residência e de apresentações periódicas em estabelecimento policial, respetivamente, enquanto aguardam julgamento.

José Manuel Oliveira

Duas pessoas foram detidas, em Olhão, no dia 05 de Dezembro de 2023 (terça-feira), por agentes da esquadra local da Polícia de Segurança Pública (PSP), na sequência de furto no interior de um veículo e posterior compra de bens, com recurso a cartões bancários pertencentes à vítima.

Um deles foi detido no estabelecimento comercial onde fazia compras, enquanto o outro estava escondido na casa de banho de uma outra loja, onde acabou por ser intercetado

Em comunicado, o Comando Distrital de Faro da PSP revela que, “após a notícia que dava nota do uso indevido de cartões bancários furtados do interior da viatura, polícias da Esquadra de Olhão deslocaram-se rapidamente ao estabelecimento, onde o suspeito fazia essas compras, sendo que este se encontrava retido naquele local.” Na altura, os agentes da autoridade apuraram que “haveria outro indivíduo” que, também, teria estado envolvido no furto e como tal “encetaram esforços no sentido de o localizar.” Conseguiram “intercetá-lo no interior de outro estabelecimento comercial, escondido na casa de banho”, refere a nota informativa.

Recuperados, na posse de ambos os suspeitos, diversos cartões bancários da vítima, objetos pessoais, no valor de mil euros, aproximadamente, e produtos comprados com recurso aos cartões furtados no interior da viatura assaltada na cidade de Olhão

E acrescenta: “Foi possível recuperar, na posse de ambos os suspeitos, diversos cartões bancários da vítima, como objetos pessoais, no valor de 1.000 euros, aproximadamente”, além de “produtos comprados pelos suspeitos com recurso aos cartões furtados.”

“Aos suspeitos foi-lhes aplicada a medida de coação de Termo de Identidade e Residência e de apresentações periódicas em estabelecimento policial, respetivamente”, enquanto aguardam julgamento, conclui o comunicado do Comando Distrital de Faro da PSP, sem especificar mais pormenores.