Vários momentos altos marcam neste fim de semana alargado a programação do Dia da Cidade de Portimão

Futuro Jardim Gonçalo Ribeiro Telles será novo espaço verde e de lazer em pleno centro da cidade.

 

O fim de semana alargado, entre o feriado desta sexta-feira, 8 de dezembro, e o Dia de Portimão, que se assinala na segunda-feira, 11 de dezembro, vai ser marcado no município por um conjunto de momentos altos, com destaque para a inauguração do novo Centro de Recolha Oficial de Animais e da nova casa mortuária de Alvor, a tradicional Gala do Desporto e o lançamento da primeira pedra do futuro Jardim Gonçalo Ribeiro Telles, entre outros.

 

No feriado de 8 de dezembro, tem inauguração marcada para as 15h00 a nova Casa Mortuária de Alvor, edificada num terreno adquirido pela Câmara de Portimão junto ao Morabito e ao cemitério, após um investimento de cerca de 220 mil euros.

 

Uma hora depois, o Portimão Arena recebe a Gala do Desporto – Homenagem aos Campeões Portimonenses da Época 2022/2023, com a entrega de prémios aos atletas que, a nível individual ou coletivo, obtiveram títulos federativos internacionais, nacionais ou distritais, quer em representação das seleções nacionais, quer dos clubes, escolas ou universidades em que se encontram filiados.

 

Também serão distinguidas as entidades ou personalidades que, de forma relevante, contribuíram para o desenvolvimento e mérito desportivo do concelho ou do desporto em geral.

 

Inauguração do Centro de Recolha Oficial de Animais

 

Realce no sábado, 9 de dezembro, para a inauguração às 11h30 do Centro de Recolha Oficial de Animais de Portimão, localizado na zona da industrial da Coca Maravilhas, que vem aumentar a capacidade de resposta do antigo canil e gatil.

 

As instalações foram alvo de uma profunda intervenção, no sentido de permitir a melhoria substancial no acolhimento de animais, bem como no trabalho dos funcionários, para o que foi feito um investimento camarário na ordem dos 870 mil euros.

 

O novo equipamento municipal tem uma área total de 860m2, distribuídos por dois pisos, nos quais funcionarão os serviços técnicos e de saúde, salas de esterilização, adoção e quarentena, gabinete de atendimento e parques de recreio, entre outras valências, aumentando de 30 para 60 a capacidade de acolhimento de cães, e de 20 para 40 gatos.

 

Na mesma data vai ser assinalado o 16º aniversário do Mercado Municipal de Portimão, situado na Av.ª S. João de Deus, com a inauguração às 10h00 da exposição “Bichinho da madeira”, que reúne peças em madeira e outros materiais, sobretudo reciclados, da autoria dos artistas portimonenses Marta Silva e João Cláudio Marques.

 

No café-concerto do TEMPO – Teatro Municipal de Portimão será lançado às 15h00 deste dia o nº 3 da “Meridional – Revista de estudos do Mediterrâneo”, editada pelo Instituto de Cultura Ibero-Atlântica, sediado na cidade, e dirigida por Maria da Graça Ventura, cuja apresentação estará a cargo de Manuel Frias Martins, presidente da Associação Portuguesa de Críticos Literários, havendo um apontamento musical pela Academia de Música de Portimão.

 

A exposição dos trabalhos premiados e a entrega dos prémios aos vencedores da 23.ª Corrida Fotográfica de Portimão, realizada este ano nas modalidades presencial e online, está igualmente marcada para 9 de dezembro, a partir das 17h00, no Museu de Portimão, onde ficará patente até 30 de março de 2024.

 

Ainda neste dia, e num espetáculo de acesso livre a realizar junto à antiga Lota entre as 18h00 e as 20h00, será revelado o conceito e o que se pode esperar da Passagem de Ano em Portimão, que terá lugar nas noites de 29, 30 e 31 de dezembro, com um programa de animação que atrairá à cidade as famílias, para um fim de semana alargado e cheio de ritmos contagiantes.

 

Para 10 de dezembro, véspera do Dia da Cidade, foram programados dois eventos onde também dominará a música, o primeiro dos quais é a Gala Final do “Portugal a Dançar”, a maior competição nacional de dança, que encherá o Portimão Arena de ritmos contagiantes a partir das 17h00, reunindo os três primeiros classificados das 12 localidades que integraram a competição.

 

A gala de talentos nacionais da dança começará às 17h00 e tem entrada gratuita, sujeita à disponibilidade de lugares e mediante levantamento prévio na bilheteira do Portimão Arena.

 

O outro ponto alto desta data será o Concerto Comemorativo do 99.º Aniversário de Elevação de Portimão, a cargo da Banda Sinfónica da PSP, que terá início às 21h00 no grande auditório do TEMPO – Teatro Municipal de Portimão.

 

Rumo ao primeiro centenário da cidade de Portimão

 

Como é tradicional, as comemorações de 11 de dezembro, Dia da Cidade, arrancarão às 9h30 no Largo 1º de Maio com o Hastear da Bandeira, onde participarão a Fanfarra da Associação de Bombeiros Voluntários de Portimão, a Sociedade Filarmónica Portimonense, a Sociedade Columbófila de Portimão, a PSP, a GNR e a Polícia Marítima – Capitania e Associação de Fuzileiros do Algarve.

 

Meia hora depois, será inaugurado no Cemitério de Portimão o Memorial ao Antigo Combatente, cabendo esta homenagem ao Núcleo Lagoa/Portimão da Liga dos Combatentes e à Câmara Municipal de Portimão.

 

Um dos destaques da sessão solene, marcada para as 11h00 no salão nobre dos Paços do Concelho, será a apresentação do conjunto de iniciativas culturais e artísticas, que assinalarão ao longo do próximo ano o primeiro centenário da elevação de Portimão a cidade, sob o selo “Lavrar o Mar”.

 

Intervirão na cerimónia a presidente da Assembleia Municipal, Isabel Guerreiro, a historiadora Maria João Raminhos Duarte, doutorada em História pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e docente da Escola E.B. 2,3 Eng. Nuno Mergulhão, que abordará o tema “Portimão: 100 anos de Excelência na Geografia da Memória”, e Giacomo Scalisi, da Lavrar o Mar – Cooperativa Cultural, que falará sobre “A Cidade Invisível”, tendo como artista convidado José Antonio Portillo.

 

A presidente da Câmara Municipal de Portimão, Isilda Gomes, encerrará a sessão, ao longo da qual haverá apontamentos musicais a cargo do portimonense Rafael Pacheco, vencedor da 5.ª edição do Prémio Novos Talentos Ageas 2022 (guitarra portuguesa) e de José Santana (viola de fado).

 

Primeira pedra do Jardim Gonçalo Ribeiro Telles e oferta de árvores

 

A tarde de 11 de dezembro será pautada pelo lançamento da primeira pedra do Jardim Gonçalo Ribeiro Telles, agendada para as 15h30, que em breve se converterá num novo espaço verde e de lazer em pleno centro da cidade.

 

As pessoas que desejarem conhecer o projeto em detalhe e registar fotograficamente este momento especial, deverão entrar pelo lado norte do futuro jardim, através da Rua dos Bombeiros Voluntários, tendo o Município de Portimão uma centena de jovens árvores autóctones, entre oliveiras, medronheiros e alfarrobeiras, para oferecer a quem manifestar interesse em cuidar do seu crescimento.

 

Na cerimónia de lançamento da primeira pedra do futuro parque urbano participarão os alunos do curso de Filosofia da Escola Secundária Manuel Teixeira Gomes que estiveram na origem da petição, aprovada em Assembleia da República, onde defendiam a data do nascimento de Gonçalo Ribeiro Telles, 25 de março, como o Dia Nacional dos Jardins, conforme já sucedeu este ano.

 

O Jardim Gonçalo Ribeiro Telles, que homenageará um dos mais renomados arquitetos paisagistas portugueses, situa-se entre a Escola Secundária Manuel Teixeira Gomes e o Mercado Municipal da Av.ª S. João de Deus e terá uma zona verde com cerca de 12.000m2, composta por vegetação autóctone de baixa necessidade de consumo de água.

 

Nessa área vão ser criados um quiosque, uma zona de ‘street workout’ e um pequeno anfiteatro, ficando em exibição as cantaria manuelinas recuperadas na chamada Quinta do Morais, para o que será instalada uma estrutura metálica, também se prevendo a recuperação da nora e respetivo tanque.

 

A programação integral do 99.º aniversário da cidade de Portimão, que conta com a participação empenhada do movimento associativo, pode ser consultada em: https://shorturl.at/dhnpT