Socialista Adelino Soares prepara-se para deixar a presidência da Câmara Municipal de Vila do Bispo antes do Verão

Deverá ocupar um cargo na administração da empresa Algar – Valorização e Tratamento de Resíduos Sólidos, com sede na freguesia de Almancil, no concelho de Loulé. Vereadora Rute Silva assumirá as funções de presidente da autarquia, a poucos meses das eleições autárquicas, às quais concorrerá a esse órgão como cabeça de lista do PS.

O presidente da Câmara Municipal de Vila do Bispo, Adelino Soares, deverá deixar o cargo até final do mês de Maio para ocupar um lugar, em princípio, na administração da empresa Algar- Valorização e Tratamento de Resíduos Sólidos, SA., com sede em Barros de São João da Venda, freguesia de Almancil, concelho de Loulé, apurou o Litoralgarve. Apesar de vários contactos estabelecidos para o telemóvel do autarca, não foi possível ao nosso Jornal falar com Adelino Soares sobre este assunto.

 

“PROVAVELMENTE    SERÁ    A    MINHA   ÚLTIMA    PRESENÇA    PÚBLICA”,  EM   VILA    DO    BISPO,      AFIRMOU    ADELINO    SOARES,   NUMA   RECENTE    PALESTRA    DA    PROTEÇÃO   CIVIL   NESTE     CONCELHO

 

De acordo com informações recolhidas pelo Litoralgarve, Adelino Soares, militante do Partido Socialista e que está em funções há três mandatos consecutivos, desde 2009, na presidência da Câmara Municipal de Vila do Bispo, não podendo por isso recandidatar-se ao cargo nas próximas eleições autárquicas a realizar em Outubro deste ano, já deu conhecimento, nomeadamente a empresários do concelho, de que irá deixar a autarquia antes do Verão. E numa recente palestra sobre Proteção Civil, em Vila do Bispo, até disse, em sinal de despedida: “Provavelmente será a minha última presença pública.”

 

“IREI    PARTICIPAR    NAQUILO    EM     QUE    EU    TAMBÉM    ME    SINTA    CAPACITADO”

 

Por outro lado, já numa entrevista publicada em Fevereiro de 2020, no Jornal ‘Correio de Lagos’, ao ser questionado se iria concluir este seu mandato na Câmara Municipal de Vila do Bispo, Adelino Soares limitou-se a reagir, de forma lacónica: “Não sei. Em princípio, não”. Isto, com risos à mistura, numa altura em que até se preparava para entrar na Igreja Matriz daquela localidade, atrás do Bispo do Algarve, Dom Manuel Quintas, para assistir, no dia 22/01/2020, à celebração da eucaristia do Dia de São Vicente, padroeiro do município.

Já em relação ao cargo que poderia vir a exercer, entre a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Algarve (CCDRA), a  AMAL – Comunidade Intermunicipal do Algarve, ou a Algar, empresa de Valorização e Tratamento de Resíduos Sólidos, como então se falava, Adelino Soares apressou-se a responder: “Irei participar naquilo em que eu também me sinta capacitado, independentemente de que as pessoas desejem o meu contributo para uma causa”.

 

“NÃO     DEVO    NADA    AO    PS”

 

Contudo, nessa altura, o autarca de Vila do Bispo, que chegou a ser apontado como um possível nome para integrar a lista de candidatos a deputados à Assembleia da República, pelo círculo eleitoral de Faro, nas eleições legislativas em 2019, deixou um recado ao PS: “O partido não tem obrigatoriedade de me dar nada, tal como eu também não tenho nenhuma obrigação para com o partido”. E nos últimos tempos, como contaram ao Litoralgarve, não tem sido pacífica a relação entre Adelino Soares, o PS e os vereadores socialistas na Câmara Municipal de Vila do Bispo, sobretudo com a sua vice-presidente, a psicóloga Rute Silva, de 45 anos, residente em Sagres, que encabeçará a lista do partido nas eleições autárquicas, em Outubro de 2021 e o substituiu, em Março deste ano, na presidência da Comissão Política Concelhia ‘rosa’, no ato eleitoral  a que concorreu apenas uma candidatura.

De resto, a nomeação de Adelino Soares, ao que tudo indica para a Algar, é encarada como uma forma de acalmar e afastar de polémicas o ainda presidente da Câmara Municipal de Vila do Bispo, que tem desabafado entre a população: “Não devo nada ao PS. O PS é que é poder há 12 anos no concelho de Vila do Bispo, à minha custa”. Nesta altura, Adelino Soares, ao que se sabe, já está a passar ‘dossiers’ para a sua sucessora na autarquia.

 

FOI     FUNCIONÁRIO  DA  CÂMARA    MUNICIPAL   DE    VILA    DO   BISPO,   COMO   ANIMADOR    DESPORTIVO,   E   TREINADOR    DE    FUTEBOL

 

Com 45 anos de idade (nasceu no dia 03/10/1975 no norte do país), Adelino Augusto Rocha Soares foi funcionário público na Câmara Municipal de Vila do Bispo, como animador desportivo, assistente técnico, durante 11 anos, desde 1998, até ser eleito, em 2009, presidente da autarquia. Antes, de 2001 a 2005, exerceu funções de vereador e no mandato seguinte, de 2005 a 2009, ocupou o cargo de deputado na Assembleia Municipal de Vila do Bispo, como primeiro elemento da lista eleita do PS. O ‘curriculum’ de Adelino Soares inclui uma licenciatura em Educação Física, passada pelo Instituto Dom Afonso III, em Loulé, curso de I e II nível de treinador de futebol, tendo nessa situação orientado equipas dos escalões de formação, de 1998 a 2002, do Clube Recreativo de Vila do Bispo, e do escalão sénior do Clube Recreativo Infante de Sagres, na época de 2002/3.

(em desenvolvimento)

José Manuel Oliveira

Paulo Silva