Nadadores-salvadores salvam banhista inglês, de 75 anos, em paragem cardio respiratória na água, na praia da Ilha de Cabanas de Tavira

“Após diversas tentativas, foi possível reanimar a vítima”, que ficou de barriga para baixo quando tomava banho.

José Manuel Oliveira

Um banhista, de 75 anos e nacionalidade inglesa, foi salvo na tarde da passada sexta-feira, dia 21 de Junho, “depois de, alegadamente, se ter sentido mal, entrando em paragem cardio respiratória na água da praia da Ilha de Cabanas de Tavira”, de acordo com um comunicado divulgado pelo Gabinete de Imagem e Relações Públicas da Autoridade Marítima Nacional.k

Alerta às autoridades foi dado pelo nadador-salvador coordenador da praia

​Segundo aquela entidade, “na sequência de um alerta recebido, através do nadador-salvador coordenador de Cabanas de Tavira, a informar para a presença de uma pessoa em decúbito ventral[deitada de bruços, ou seja, de barriga para baixo – n.d.r], na água, deslocaram-se de imediato para o local elementos da Capitania do Porto e Comando-local da Polícia Marítima de Tavira, tripulantes da[embarcação da] Estação Salva-Vidas de Tavira [do Instituto de Socorros a Náufragos] elementos do Projeto “Seawatch” e elementos dos Bombeiros Municipais de Tavira.”

Retiraram, prontamente, o homem da água, tendo, de imediato, iniciado as manobras de reanimação

Quando esses operacionais chegaram ao local da ocorrência, constataram que “os nadadores-salvadores das unidades balneares de Cabanas de Tavira retiraram, prontamente, o homem da água, tendo, de imediato, iniciado as manobras de reanimação”, descreve o comunicado.

Elementos do Projecto ‘SeaWatch’ transportaram o homem até ao Cais da Ilha de Cabanas, com recurso a uma moto-quatro, e Bombeiros Municipais de Tavira levaram-no para uma unidade hospitalar do Algarve

E acrescenta: “Após diversas tentativas, foi possível reanimar a vítima, tendo os elementos do Projeto”SeaWatch” [que garante, através da Autoridade Marítima Nacional, o reforço da segurança nas praias, sobretudo não vigiadas, durante a época balnear – n.d.r.] transportado o homem, com recurso a uma moto-quatro, até ao cais da Ilha de Cabanas, de onde foi posteriormente transportado por embarcação até ao cais da localidade de Cabanas, onde aguardavam os Bombeiros Municipais de Tavira que o levaram para uma unidade hospitalar.”

Operacionais do Comando-local da Polícia Marítima de Tavira garantiram a segurança da área e tomaram conta da ocorrência

Por sua vez, os elementos do Comando-local da Polícia Marítima de Tavira garantiram a segurança da área, tendo tomado da conta do sucedido.

Mais Artigos