Município de Lagos implementa Programa Municipal de Desfibrilhação Automática Externa (PMDAE)

Esta iniciativa tem como objetivo a implementação de uma rede de operacionais formados e certificados, munidos de Desfibrilhadores Automáticos Externos (DAE), com capacidade de dar resposta às situações de paragem cardiorrespiratória (PCR) na sua proximidade. Para o efeito, serão instalados 24 equipamentos DAE.

De momento, e já no ativo, encontram-se os primeiros quatro DAE em recintos escolares (ES Júlio Dantas, EB Tecnopolis, ES Gil Eanes e EB das Naus). Já no início de 2024, as viaturas das forças de segurança e socorro em atividade no concelho contarão com cinco equipamentos (Proteção Civil, Polícia Municipal, PSP, GNR e Polícia Marítima). O programa será alargado também às Oficinas Municipais (Chinicato) e, em apoio à Santa Casa da Misericórdia de Lagos, serão equipadas três das suas unidades com desfibrilhador.

O programa encerra a sua primeira fase com a colocação de 11 desfibrilhadores em cabines de via pública, distribuídos pelas áreas das quatro freguesias, nomeadamente, Luz, Espiche, Almádena, Barão de São João, Bensafrim, Chinicato, Odiáxere e Lagos (Praça do Infante, Mercado de Santo Amaro, Praça Gil Eanes e junto ao Edifício Paços do Concelho Séc. XXI).

A Câmara Municipal de Lagos, através do Serviço de Proteção Civil e Defesa da Floresta, em articulação com o Corpo de Bombeiros de Lagos, formou mais de 300 pessoas das entidades diretamente envolvidas nas proximidades dos equipamentos e, em breve, irá disponibilizar para a população em geral a possibilidade de integrar este programa, frequentando o curso de Suporte Básico de Vida DAE.

Esta iniciativa vem reforçar as estratégias da autarquia em matéria de segurança e saúde de residentes e visitantes, apelando também ao envolvimento de toda a comunidade. Fique atento aos meios de divulgação do município, onde será disponibilizada toda a informação útil e modo de funcionamento do programa.

Todos podemos salvar vidas.