Homens e mulheres, nus ou de cuecas, celebram passagem de ano, com o primeiro banho no mar, em 2024, ao amanhecer, após saírem de bares na Praia da Rocha, em Portimão

“Nem eu, nem muitos empresários esperávamos a presença de tão elevado número de pessoas na cidade de Portimão e Praia da Rocha, onde os horários dos bares foram prolongados até às 06.00 horas da manhã do dia 01 de Janeiro de 2024”, reconheceu, em declarações ao ‘Litoralgarve’, Luís Varela, representante do Sindicato dos Músicos no Algarve. Animação para todos os gostos foi o que não faltou.

 

José Manuel Oliveira

 

“Desde o mês de Agosto nunca vi tanta gente na Praia da Rocha como, agora, durante a passagem-de-ano”. Ainda surpreendido com a multidão que encheu restaurantes, bares e outros locais de diversão noturna, Luís Varela, representante do Sindicato dos Músicos, no Algarve, confessou, ao ‘Litoralgarve’, que “nem eu, nem muitos empresários esperávamos a presença de tão elevado número de pessoas na cidade de Portimão e na Praia da Rocha, onde os horários dos bares foram prolongados até às 06.00 horas da manhã do dia 01 de Janeiro de 2024.”

“Foi muito positivo para a restauração”

“Todos ficaram satisfeitos e ganharam dinheiro. Isto, depois de muitas semanas sem grande movimento noturno na Praia da Rocha e em Alvor”, contou Luís Varela. “Foi muito positivo para a restauração”, acrescentou um empresário, entre a azáfama de servir os seus clientes. Animação com música para todos os gostos, dança, muita cerveja, ‘whisky’, garrafas de champagne e outros vinhos não faltaram na Praia da Rocha para dar as boas vindas ao novo ano, cheia de portugueses e estrangeiros, na sua maioria britânicos. Enquanto estes, no meio da euforia, cantavam e gritavam “Happy New Year!”, um português notava: “Não estão habituados a este tipo de festas na terra deles…”

Já na zona ribeirinha de Portimão, perto do edifício do Clube Naval, a partir das 22.00 horas do dia 31 de Dezembro de 2023, dezenas de pessoas dançaram ao som de músicas populares portuguesas ‘Turbo Ó Baile’, enquanto aguardavam a meia-noite e o tradicional fogo-de-artifício, o qual se estendeu, na mesma altura, à Praia da Rocha e a Alvor.

PSP, Polícia Marítima, Bombeiros Voluntários de Portimão e Proteção Civil garantiram a segurança

Em tempo de festa, também foi visível a presença de agentes da Unidade Especial da Polícia de Segurança Pública (PSP), com o Corpo de Intervenção, bem como da Polícia Marítima, além de elementos dos Bombeiros Voluntários de Portimão e da Protecção Civil Municipal, para garantir a segurança. “Foi uma noite bastante alegre e não se registaram quaisquer problemas”, garantiram ao nosso Jornal.

“Havia homens nus e outros em cuecas, tal como senhoras, sem quaisquer constrangimentos na praia e ao banho. Afinal, qual é o problema da nudez? Não é assim que todas as pessoas vêm ao mundo?”

Por volta das 08.30 horas, após amanhecer e os bares terem encerrado, vários populares, homens e mulheres, decidiram despir-se e tomar o primeiro banho de mar no novo ano, na Praia da Rocha, como sucedeu noutras zonas do Algarve e do país. “Havia homens nus e outros em cuecas, tal como senhoras, sem quaisquer constrangimentos na praia e ao banho. Afinal, qual é o problema da nudez? Não é assim que todas as pessoas vêm ao mundo?”, observou, ao ‘Litoralgarve, um popular, reconhecendo, no entanto, que “o excesso de consumo de bebidas alcoólicas numa noite especial também contribuiu para a euforia” nesta passagem-de-ano de 2023 para 2024 na Praia da Rocha.

Mais Artigos