Dois homens foram detidos por agentes da PSP, devido a assalto durante a madrugada a escola em Olhão, donde levaram mais de trezentos euros

Investigação policial permitiu intercetar os ladrões, encapuçados, às 03h00 desta quarta-feira, 27 de Dezembro, quando se preparavam para abandonar o local, com uma mochila, contendo os bens furtados.

José Manuel Oliveira

O Comando Distrital de Faro da Polícia de Segurança Pública (PSP), em comunicado divulgado nesta quarta-feira, dia 27 de Dezembro de 2023, anuncia a detenção, através da Esquadra de Olhão, de dois homens pela prática do crime de “furto qualificado, num estabelecimento de ensino” desta cidade.

Policiamento orientado para aumentar o nível de segurança das escolas e identificar eventuais suspeitos, depois de terem sido comunicados vários furtos no interior de estabelecimentos de ensino em Olhão

De acordo com a informação disponibilizada, “após a comunicação de vários furtos no interior de estabelecimentos de ensino, na localidade de Olhão, a PSP orientou o seu policiamento para aumentar o nível de segurança das escolas e identificar eventuais suspeitos, em especial, fora do seu horário normal de serviço.”

Os suspeitos “foram intercetados quando se preparavam para abandonar o local e, perante a intenção de fuga”, acabaram por ser “imobilizados e revistados”, com vários bens furtados, “após provocarem danos no interior” do edifício escolar

“No âmbito desse policiamento foi possível, cerca das 03H00 horas da última noite, intercetar 2 indivíduos, encapuzados, após se terem introduzido num dos estabelecimentos de ensino desta cidade, de onde saíram com vários bens furtados e após provocarem danos no seu interior. Os suspeitos foram intercetados quando se preparavam para abandonar o local e, perante a intenção de fuga, foram os mesmos imobilizados e revistados”, refere a PSP.

Recuperada, pelos elementos policiais, uma “mochila contendo várias ferramentas, chaves, um cofre, um termómetro de infravermelhos, 327 Euros em dinheiro, 2 telemóveis, uma balança de precisão e outros artigos de menor valor”

Na sequência da revista efectuada, “veio a recuperar-se uma mochila contendo várias ferramentas, chaves, um cofre, um termómetro de infravermelhos, 327 Euros em dinheiro, 2 telemóveis, uma balança de precisão e outros artigos de menor valor”, descreve aquela força de segurança, neste comunicado. E acrescenta que os ladrões “recolheram aos quartos de detenção do Comando Distrital de Faro”, a fim de serem presentes “perante a Autoridade Judiciária, para sujeição a 1º interrogatório judicial”. Desconhece-se, de momento, qual a decisão do tribunal.