Biblioteca Municipal de Silves dinamiza, no próximo dia 16 de junho, pelas 21h00, a atividade “Histórias que não lembram ao Diabo”

A Biblioteca Municipal de Silves dinamiza, no próximo dia 16 de junho, pelas 21h00, a atividade “Histórias que não lembram ao Diabo”. A iniciativa, dinamizada por Cristina Taquelim, é dirigida ao público em geral e tem entrada gratuita.

Qualquer esclarecimento poderá ser obtido junto da Biblioteca Municipal de Silves através do contato telefónico 282 440 899 (chamada para a rede fixa nacional) ou através do email: biblioteca@cm-silves.pt  

Esperamos por si!

+ SOBRE CRISTINA TAQUELIM

Cristina Taquelim, é mediadora de leitura e contadora de histórias. Licenciada em Psicologia Educacional e Bibliotecária, foi até fevereiro de 2020 técnica da Biblioteca Municipal de Beja José Saramago, instituição onde durante 30 anos coordenou o Serviço de Mediação da Leitura, o projeto Palavras Andarilhas, o programa de leitura em Meio Rural, entre outros. É formadora acreditada pelo CCPFC na área da promoção da leitura. Tem apresentado diversas comunicações em colóquios, congressos e dinamizado ações de formação para outros mediadores – bibliotecários, técnicos de bibliotecas, narradores, docentes e pais. Integrou a equipa do projeto Gulbenkian Casa da Leitura. Colaborou com a Universidade Católica na Pós Graduação de Livro Infantil. Desenvolve atividade enquanto narradora oral desde 1995 e nessa qualidade tem participado em diversos encontros em diversos países. Tem obras de literatura de receção infantil publicadas no Brasil e em Portugal de onde destaca “Corrupio” pela Editora Lê (Br.2017); “Avó de Coração” (Pt. 2019); “Teodora e o Mistério dos Cachapins”(Pt. 2020) pela Ed. Zero a Oito. Acredita que ler e contar são formas de desenhar janelas para a diversidade das linguagens do mundo, assim como as do mundo interior. É sócia Fundadora da Associação Ouvir e Contar e da Chão Nosso, Crl, Cooperativa Cultural sediada em Beringel.