AlgarSafe’23 reúne o melhor da Proteção Civil no Parque de Feiras e Exposições de Portimão

18, 19 e 20 de maio

A edição deste ano da AlgarSafe’23 – Feira Internacional de Proteção Civil e Socorro de Portimão vai ter lugar de 18 a 20 de maio no Parque de Feiras e Exposições da cidade, com a participação de instituições públicas e privadas, entre prestadores e fornecedores de bens e serviços na área da segurança e da proteção civil, bem como agentes de proteção civil e entidades cooperantes no Sistema Integrado de Operações de Proteção e Socorro (SIOPS) a nível nacional.

Considerada a maior feira do género a sul do Tejo, a AlgarSafe retoma a sua cadência bienal, após a pausa originada pela pandemia, e ocupará uma área de exposição de 4.000m2 no interior do Portimão Arena, a que se juntarão 30.000m2 no Parque de Feiras e Exposições, constando do programa a realização de seminários e cursos temáticos, demonstrações práticas e ações de sensibilização, além da apresentação de novas tecnologias de ponta e de um simulador virtual.

Marcarão presença nesta edição meia centena de parceiros comerciais, líderes de mercado em toda a linha de equipamentos e soluções de emergência e proteção civil, além de entidades institucionais, com realce para a Escola Nacional de Bombeiros, o INEM – Instituto Nacional de Emergência Médica, a ANEPC – Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil e a Safe Communities Portugal, entre muitos outros agentes nas dimensões do Safety e Security.

Serão três dias intensos, através de um programa inclusivo, que não só abrange todas as vertentes da segurança, como disponibiliza um espaço comercial para quem procura as melhores soluções e equipamentos, formação para quem tem a responsabilidade de proteger, salvar ou prevenir, e momentos inéditos para compreender o funcionamento do Sistema de Proteção Civil em Portugal.

Para além de um espaço comercial vocacionado para quem procura as melhores soluções e equipamentos, com fóruns temáticos, pedagógicos e de discussão de temas da atualidade, haverá igualmente ações dirigidas às pessoas que desejem aprender a ser mais conscientes e preparadas para ajudar o próximo, uma vez que o evento, de entrada livre, também é dirigido às famílias, não faltando propostas lúdicas para as crianças.

Formar, divulgar e sensibilizar

Na componente da formação, justificam destaque eventos como o workshop sobre o iTEAMS (INEM Tool for Emergency Alert Medical System), marcado para a tarde de 18 de maio, onde será abordada esta ferramenta de registo clínico desenvolvida pelo INEM, com o objetivo de facilitar o suporte interativo entre o Centro de Orientação de Doentes Urgentes e os meios no terreno, permitindo estratificar a gravidade clínica das ocorrências e, assim, contribuir para uma regulação médica mais eficaz nas situações de maior gravidade.

O Algarve será a primeira região do país onde o INEM avança para o desenvolvimento deste programa numa solução para telemóveis, o que multiplica a acessibilidade por parte dos atores do Sistema Integrado de Emergência Médica (SIEM), em particular os técnicos que diariamente trabalham no terreno.

É de sublinhar que o iTEAMS substituiu o registo em papel a partir de 2018 e é usado pelo INEM e 96 parceiros do SIEM, para cujos agentes se destina este workshop.

Ao longo do dia 19 de maio, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil e a Escola Nacional de Bombeiros serão responsáveis pelo seminário “Portugal no contexto da Ajuda Internacional: A Missão da Turquia em análise”, dirigido à população em geral.

Nesta primeira apresentação pormenorizada das lições aprendidas com a missão lusa de auxílio às vítimas do forte sismo ocorrido em 6 de fevereiro passado, será focado o mecanismo de Proteção Civil da União Europeia e o papel desempenhado pelos agentes portugueses, materializada pela Força Operacional Conjunta, com um debate alargado à comunidade cientifica no que concerne ao impacto de um evento desta natureza na região do Algarve. Para participar no seminário, aberto ao público em geral, será necessária inscrição prévia, em https://forms.gle/7Fm9U1GJaBmvQbXm6

Na mesma data, a partir das 11h30, terá lugar a apresentação pública do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais na região do Algarve, a cargo do Comando  Regional de Emergência e Proteção Civil.

Por fim, o dia 20 de maio será marcado pelo seminário “A Sustentabilidade dos Bombeiros: Realidades e Boas Práticas”, promovido pela Federação dos Bombeiros do Algarve e os Bombeiros de Portimão, visando a partilha e o debate de soluções no financiamento e sustentabilidade dos Corpos de Bombeiros numa perspetiva nacional.

Com um olhar à luz das realidades regionais, de norte a sul do país, o objetivo do encontro passa também por apresentar boas práticas na sustentabilidade financeira e operacional dos Corpos de Bombeiros, uma por cada região do território continental, a que se seguirá debate com os presidentes da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, da Liga dos Bombeiros Portugueses e da AMAL – Comunidade Intermunicipal do Algarve.

Soluções pioneiras e eficazes

No espaço da feira será montado o Centro Tático de Comando (CETAC) da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, estrutura que permite instalar Postos de Comando e capacidades de coordenação, comando, controlo e comunicações nas maior e mais complexas operações perante um acidente grave ou uma catástrofe.

Também o INEM instalará o seu módulo de emergência médica e profissionais – PT EMT, única unidade portuguesa certificada pela Organização Mundial de Saúde e vocacionado para uma resposta rápida e eficaz a situações de acidente grave e/ou catástrofe em contexto nacional ou internacional.

Refira-se que o PT EMT tem a capacidade de responder a um elevado número de vítimas, garantindo a triagem, a estabilização inicial, a referenciação para as unidades de saúde adequadas e o tratamento definitivo de algumas situações médicas e traumáticas de menor gravidade.

O Serviço Municipal de Proteção Civil de Portimão vai instalar, com recurso ao seu módulo para situações de exceção, uma Zona de Concentração e Apoio à População, única no país que permite a operacionalização de todas as dimensões do apoio psicológico e social de emergência num conceito modular para projeção aérea, marítima ou terrestre.

Entre as soluções pioneiras que serão apresentadas e testadas no decorrer da feira, destaca-se o sistema de apoio à decisão e as ferramentas inovadores para os agentes de Proteção Civil, como é o caso do “Posto de Comando do Futuro”, a testar na ocasião pela Equipa de Posto de Comando regional para situações de exceção e que este ano integra o Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais (DECIR), além do Projeto ICam3D destinado às forças de segurança, e que representa uma novidade exclusiva para Portugal enquanto tecnologia inovadora no campo da reconstrução digital dos acidentes rodoviários.

A AlgarSafe’23 é uma organização conjunta entre a Câmara Municipal de Portimão e os Bombeiros de Portimão, com o apoio da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, contando ainda com parceiros institucionais de referência, como a Escola Nacional de Bombeiros, o Instituto Nacional de Emergência Médica, a Autoridade para as Condições de Trabalho e a Safe Communities Portugal, entre outros.

Com entrada livre, poderá ser visitada diariamente das 10h00 às 20h00 pelo público em geral. O programa detalhado pode ser consultado em vivaportimao.pt.

Mais Artigos