“Agulhas solidárias”, da biblioteca municipal de faro, oferecem agasalhos aos utentes da santa casa da misericórdia

Ocupar as mãos e a mente de forma solidária foi o desafio lançado às senhoras do Clube da Agulha (Projeto Histórias Contadas Sorrisos Partilhados, da Biblioteca Municipal de Faro), através da iniciativa “Agulhas Solidárias”, que permitiu a produção de agasalhos destinados aos utentes da Santa Casa da Misericórdia de Faro (SCMF).

Esta é uma resposta comunitária e solidária, tendo os 45 trabalhos realizados pelas senhoras do grupo (xailes, mantas, gorros e aquece-mãos) sido entregues à ERPI da SCMF.

O Clube da Agulha reúne-se desde maio 2018. Os encontros do grupo realizam-se às 3ª, 4ª e 5ª feiras, na Biblioteca Municipal de Faro. O projeto “Histórias Contadas Sorrisos Partilhados” tem desenvolvido um trabalho contínuo e consistente na área da ocupação dos tempos livres e bem-estar dos idosos, promovendo a sua saúde mental e auto-estima.

Com o objetivo de conciliar a partilha de saberes, as leituras e as memórias, com o lado terapêutico e social das artes têxteis (como o tricot, crochet e outras atividades manuais), estas iniciativas aproximam os munícipes aos serviços da Biblioteca, incentivando a participação regular nos eventos sociais e culturais promovidos pelo Município.

Mais Artigos