Presidente da República de Cabo Verde, José Maria Neves, visitou Faro hoje, dia 30 de julho

O Presidente da República de Cabo Verde, José Maria Neves, visitou Faro hoje, dia 30 de julho (sábado). Reuniu-se com Rogério Bacalhau, Presidente da Câmara Municipal, para debaterem alguns temas que possam abrir a porta ao estreitamento de laços entre a autarquia algarvia e este país africano.

«Para nós foi uma honra e uma alegria poder acolher o Sr. Presidente da República de Cabo Verde», refere Rogério Bacalhau, salientando que «todas as oportunidades de cooperação são muito bem vistas pela autarquia, que deseja valorizar as relações internacionais, sobretudo com os países da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa – CPLP, até porque, sabemos, há muitos emigrantes no nosso concelho e população que já é segunda geração e que são oriundos de Cabo Verde». O autarca farense destacou, ainda, o facto de o Município de Faro ser membro da Rede Intermunicipal de Cooperação para o Desenvolvimento (RICD), considerando que, nesse âmbito, existem «múltiplas possibilidades de poder trabalhar em parceria, promovendo sinergias e estabelecendo pontes com Cabo Verde», nomeadamente no que toca ao «combate à pobreza e a implementação de estratégias promotoras do Desenvolvimento Sustentável», como acontece com «outros países dos PALOP, nomeadamente Moçambique e S. Tomé e Príncipe». O edil referiu-se, ainda, à Nova Estratégia da Cooperação Portuguesa 2030 (que se encontra em período de consulta pública), desejando que a autarquia pudesse «ter uma palavra quanto ao seu conteúdo», que reforce «os interesses e necessidades de todos os que formam parte da comunidade dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa» e sublinhe «a importância da nossa herança cultural e histórica comum, bem como o compromisso e a sensibilização para o crescimento».

Um membro do governo português e o Embaixador Extraordinário de Cabo Verde em Portugal, Eurico Correia Monteiro, acompanharam a delegação que veio a Faro, para esta visita, cujo programa incluiu, entre outros momentos, uma passagem pela Universidade do Algarve.

O Chefe de Estado cabo-verdiano efetuou uma oficial de cinco dias a Portugal (de 27 e 31 de julho), a primeira, depois de ser eleito em outubro de 20221 e ter tomado posse no mês seguinte. A visita, realizada a convite do Presidente português, Marcelo Rebelo de Sousa, também proporcionou diversos encontros com a comunidade cabo-verdiana radicada em Portugal

Recordamos que José Maria Neves nasceu em 1960, em Assomada, Ilha de Santiago, tendo estudado Administração Pública na Fundação Getúlio Vargas, no Brasil e obtido o doutoramento em Políticas Públicas, no ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa. Foi Primeiro-Ministro de março de 2001 a abril de 2016. Presidiu o PAICV, o Partido da Independência de Cabo Verde, tendo ganho três eleições legislativas nacionais. Antes de se tornar Primeiro-Ministro e Chefe do Governo, José Maria Neves foi Deputado, Presidente do Governo Municipal de Santa Catarina e Presidente da Organização da Juventude Amílcar Cabral. Como profissional, trabalhou na Direção Geral da Administração Pública de Cabo Verde.

PUBLICIDADE