Crianças e jovens dos bairros camarários de Portimão têm umas férias de verão em cheio

Durante o período das férias de verão, as crianças e jovens dos quatro bairros camarários de Portimão, entre os 6 e os 16 anos, estão a participar num conjunto de atividades gratuitas, dinamizadas pelos Centros Comunitários do Município a funcionar na Coca Maravilhas, na Cruz da Parteira, nas Cardosas e no Pontal.

Entre as diversas atividades dinamizadas pelos técnicos de intervenção comunitária da autarquia, as crianças e jovens têm a possibilidade de ir à praia, fazer caminhadas, visitar parques temáticos e participar em jogos e brincadeiras.

Com mais esta iniciativa, os quatro Centros Comunitários de Portimão reforçam o importante papel desempenhado no seio das populações residentes em cada bairro, ao acolherem com segurança e qualidade os mais pequenos em tempo de férias escolares, dando assim resposta à necessidade de ocupação dos seus tempos livres e evitando comportamentos de risco, enquanto os pais se encontram a trabalhar.

As iniciativas decorrem de segunda a sexta-feira e têm uma frequência média de 20 a 25 crianças em cada centro, com maior expressão no Centro Comunitário da Cruz da Parteira, estrutura que conta com a colaboração do Projeto (Re)Viver no Meu Bairro, que este ano tem como novidade a criação do estúdio de multimédia relativo ao projeto “PorTiArtista”, na sequência da parceria estabelecida com a Associação Dança Mais.

Desde o início do ano, o inovador projeto “PorTiArtista” dá voz às crianças e jovens deste bairro camarário, tendo surgido da necessidade sentida em apostar nas suas aptidões e potencialidades musicais, para o que foram criadas condições técnicas no sentido de alimentar os sonhos artísticos deste grupo socialmente desfavorecido, ao mesmo tempo que são prevenidos os comportamentos desviantes e estimulada a participação cívica.

A programação das férias de verão a pensar nas crianças e jovens dos bairros camarários de Portimão tem como principal objetivo promover a multiculturalidade e a igualdade de oportunidades para todos os estratos sociais, contribuindo de forma lúdico-pedagógica para o desenvolvimento integral dos destinatários, que são estimulados a descobrir as suas capacidades e potencialidades, ao mesmo tempo que transmitem e partilham os conhecimentos adquiridos no meio que os envolve.

PUBLICIDADE