Regata fortalece laços entre Lagos e Palos de la Frontera

Após dois anos de suspensão, a Regata dos Portos dos Descobrimentos regressou para a sua 31.ª edição, a qual decorreu entre 8 a 10 de julho, com partida em Lagos e chegada na cidade espanhola de Palos de la Frontera. Cidades geminadas desde 1992, esta prova de vela é uma das mais importantes iniciativas de celebração da sua história ligada ao período dos Descobrimentos marítimos portugueses e espanhóis.

A Regata Portos dos Descobrimentos é uma prova anual, organizada pelo Clube de Vela de Lagos e Escuela de Vela de Palos de la Frontera (com apoio de ambos os municípios), com partida e chegada alternada entre as duas cidades. Na edição de 2022, a partida ocorreu em Lagos, a 8 de julho, tendo a cerimónia de abertura decorrido na Marina de Lagos com a presença do executivo municipal, as vinte e nove equipas participantes, empresas locais ligadas à náutica e Dom Carmelo Romero, Alcaide de Palos de la Frontera. A cerimónia de entrega de prémios (troféus e pecuniário) e encerramento (Puerto Desportivo de Mazagón) decorreu a 10 de julho e também contou com a presença do executivo municipal de Lagos, entidades locais patrocinadoras do evento, associações representativas de Palos, corpo técnico e participantes. A embarcação espanhola Sayonara Light foi a vencedora da regata, tendo chegado a Mazagón pelas 12h21 desse dia.

O regresso da Regata Porto dos Descobrimentos após dois anos de suspensão devido à crise pandémica foi um importante momento que veio reforçar ainda mais as relações entre as duas cidades cujo ato de geminação ocorreu a 27 de outubro (Dia de S. Gonçalo) de 1992. Os dois municípios selaram o compromisso de manter laços de cooperação e de intercâmbio em diversas áreas, desenvolvendo também o espírito de solidariedade, paz e prosperidade, sendo esta regata uma iniciativa de destaque que liga os dois locais.

A regata regressa em 2023, desta vez com partida em Palos de la Frontera e chegada a Lagos.

PUBLICIDADE