COVID – 19 – Numa semana, a Administração Regional de Saúde do Algarve registou um aumento para 8.964 pessoas contaminadas, o dobro dos internados, que já atingem 89, e mais onze falecidos com o vírus

Os   concelhos    de   Faro,   Loulé    e  Portimão    têm,    há     quatro     meses,     mais    pessoas     infetadas.

Desta vez, é o concelho de Faro  que surge com maior número de pessoas contaminadas por Covid-19,  1.450  casos ativos (o que corresponde a um aumento de 161 face à passada semana, a 30 de Junho de 2022), no relatório  semanal da Comissão de Proteção Civil da Região do Algarve, apresentado na sexta-feira, dia  08  de Julho deste ano.

Com base em dados recolhidos pela Administração Regional de Saúde do Algarve até 06 de Julho de 2022, o documento coloca, agora, o concelho de Loulé como o segundo mais afetado pelo novo coronavirus, contabilizando   1.431  casos ativos   (mais  46  em relação à semana passada), enquanto o concelho de Portimão, ao registar   1.215  casos ativos  (menos   68), se mantém o terceiro a esse nível.

Com    menos   casos   ativos    continua    o     concelho     de    Alcoutim  

Como tal, os concelhos de Faro, Loulé e Portimão permanecem como os mais atingidos no Algarve, há 16 semanas (quatro meses) por esta pandemia. 

Por outro lado, o concelho de Alcoutim, com  37  casos ativos  (mais  14) neste boletim da Administração Regional de Saúde do Algarve, é, há mais de dois meses, o menos afetado.

Passou    de    45    para     85     o     número    de   internados    com    Covid-19     em    enfermarias   de    hospitais    da    região     algarvia.   Em    Unidades    de    Cuidados    Intensivos     mantêm-se    dois   e,   agora,   também    estão   dois    ventilados

O relatório semanal nº. 26/2022  divulgado pela Comissão de Proteção Civil do Algarve, contendo a  Situação Epidemiológica na Região, com dados até dia 06 de Julho de 2022 (por lapso refere a data de 30 de Junho de 2022) e tendo também como fonte a Administração Regional de Saúde do Algarve, indicou   85   doentes com o vírus (mais  40  do que há uma semana) em enfermarias de hospitais,  2  em   Unidades de  Cuidados  Intensivos  (sem alteração) e   2   ventilados  (na semana passada estava um). Desta forma, registou-se um aumento significativo para mais do dobro dos doentes internados com Covid-19 no Algarve, tendo passado de 48  para  89.

Autoridades     de     saúde   assinalaram     8.964     casos   ativos   no    Algarve,    ou    seja,    mais    213    pessoas     infetadas.   Foram   contabilizados,    também,    mais    3.434     recuperados    e    faleceram    onze    doentes 

CASOS ATIVOS E RECUPERADOS POR CONCELHO NA REGIÃO DO ALGARVE – 06 DE JULHO DE 2022

Segundo o mesmo documento, no Algarve passaram a existir   8.964  casos ativos, o que corresponde  a  mais  213  pessoas infetadas numa semana. Ao mesmo tempo, as autoridades de saúde registaram  mais  3.434  recuperados, enquanto há uma semana foram  5.702. Assim, em cumulativo desde o início da pandemia, no dia  06 de Março de 2020, já houve  206.313  recuperados  nesta região.

Por outro lado, faleceram mais  onze  doentes com Covid-19 no Algarve (na semana anterior tinham sido nove), o que eleva para   857  o total de  óbitos desde que surgiu a doença.

Registadas    1.752    pessoas    em   Vigilância   Ativa,   equivalente   a   uma   redução    de    412,    e    8.879    no    Domicílio,   por    precaução,   correspondendo   a    um    aumento    de   173 

Ainda de acordo com este relatório da Comissão de Proteção Civil da Região do Algarve, estavam, por precaução,  8.879  pessoas  no Domicílio  (mais  173  do que na semana anterior)  e  1.752  em Vigilância  Ativa, o que representa menos 412.

Desde o início da pandemia, a 06 de Março de 2020, já foram confirmados  216.134 casos de infeção nesta região do sul do país. 

José Manuel Oliveira

Paulo Silva

PUBLICIDADE