Bombeiros Voluntários de VRSA e Castro Marim têm novo Comandante

Decorreu ontem, dia 7 de julho, a tomada de posso do novo comandante do Corpo de Bombeiros de Vila Real de Santo António e Castro Marim, Miguel Silva, que integrará também uma estrutura de missão, criada e acompanhada pelo Comando Distrital, no sentido de desenvolver um modelo de financiamento e reorganização do dispositivo de combate, proteção e socorro.

Nesse âmbito, já saíram algumas indicações, nomeadamente a disponibilidade dos municípios para reequipar todo o dispositivo, profissionais, voluntários e sapadores.

Na cerimónia, que teve lugar no Salão Nobre do Quartel dos Bombeiros, estiveram presentes o Comandante Operacional Distrital, Richard Marques, a presidente da Mesa da Assembleia da Associação Humanitária dos Bombeiros, Isabel Silva, o presidente do Município de VRSA, Álvaro Araújo, e a vice-presidente do Município de Castro Marim, Filomena Sintra.

Natural de Cacilhas, o Comandante Miguel Silva formou-se no Corpo de Bombeiros desta localidade, onde ingressou em 1991. Em 2009 foi convidado a assumir o cargo de 2.º Comandante e em 2010 assume o cargo de Comandante, o qual desempenha até dia 15 de novembro de 2020, data em que pede cessão de funções para pedir transferência para o Corpo de Bombeiros de Lagos, onde passa a desempenhar funções de 2.º Comandante.

De realçar que o Município de Castro Marim tem reforçado o apoio atribuído à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila Real de St. António e Castro Marim, procurando responder às necessidades e despesas inerentes ao serviço permanente de socorro que os Bombeiros Voluntários prestam no Município de Castro Marim e à manutenção do Posto de Emergência Médica no Azinhal (PEM).

Estes são serviços que exigem um dispositivo permanente, quer em meios, quer em recursos humanos, e que representam um esforço económico elevado, não colmatado pelas transferências de estado.

PUBLICIDADE