COVID – 19 – No Algarve foram contabilizados 10.201 doentes com o vírus, 47 internados e nove óbitos, na última semana, em que mais 4.536 pessoas acabaram por recuperar desta pandemia

Onde     há     mais    pessoas       infetadas    continua    a    ser   nos    concelhos    de    Portimão,   Loulé     e    Faro.

Com  1.755  casos ativos  (mais  63  do que na passada semana, a 16 de Junho de 2022),  o  concelho de Portimão  continua a ser aquele que, no Algarve, tem maior número de pessoas contaminadas pela Covid-19.  É, pelo menos, o que indica o relatório  semanal da Comissão de Proteção Civil da Região do Algarve, apresentado na última sexta-feira,  24  de Junho de 2022, com base nos dados recolhidos pela Administração Regional de Saúde do Algarve até às  24h00 do dia anterior, 23 de Junho de 2022.

Já o concelho de Loulé, ao registar, na mesma data,  1.557  casos ativos  (um acréscimo de  63) passou a ser, nesta altura, o segundo com mais infeções. E o concelho de Faro, que conta com 1.502  casos ativos  (menos  63  face há uma semana) é agora o terceiro nessa situação ao nível do Algarve.

O    concelho    com    menos   casos    de   Covid-19       ainda    é    o    de     Alcoutim

Assim, e perante esses novos números, os concelhos de Portimão, Loulé e Faro mantêm-se como os mais atingidos pela pandemia há mais de três meses nesta região.

Por seu turno, o concelho de Alcoutim, onde estavam contabilizados   51  casos ativos   (menos  um comparativamente aos dados conhecidos na semana passada) permanece como o menos infetado pelo novo coronavírus.

Menos     doentes     nos    hospitais   algarvios,   atingidos    pela    pandemia,    com   44   em   enfermarias,    dois     em    Unidades     de    Cuidados    Intensivos    e    um    ventilado  

A outro nível, o relatório da Comissão de Proteção Civil do Algarve, também contendo “dados até às  24:00 horas do dia  23  de Junho  de  2022” relativos à Situação Epidemiológica na Região,  apontou  44  doentes  com Covid-19 internados  em enfermarias  dos hospitais  (menos  seis  do que há uma semana),  2  em   Unidades de  Cuidados  Intensivos  (menos  dois) e   1   ventilado  (menos  um).

Aumentou    para   10.201  o   número   de   casos    ativos    numa   semana,   o    que    representa    um   acréscimo    de     307    pessoas,      no   Algarve,    onde   mais    4.536    doentes    recuperaram    do    novo    coronavírus    e   nove   acabaram    por    morrer

CASOS ATIVOS E RECUPERADOS POR CONCELHO NA REGIÃO DO ALGARVE – 23 DE JUNHO DE 2022

Segundo aquele documento, igualmente com “dados até  às  24:00  horas do  dia   23   de   Junho  de 2022”, foram  registados  10.201  casos ativos, o que corresponde  a  mais   307  pessoas infetadas numa semana. Por outro lado, também houve mais  4.536  recuperados. Como tal, desde o início da pandemia, a 06 de Março de 2020, nesta região do sul do país já foram considerados curados, no total, 197.177 indivíduos.

Ao mesmo tempo, chegou a  837 o cumulativo de óbitos associados à Covid-19, desde essa data nas contas da Administração Regional de Saúde do Algarve. Ou seja, na última semana faleceram  mais  nove  doentes .

Registadas    2.847    pessoas    em  Vigilância   Ativa    e    10.157   no   Domicílio,   por   precaução

O mesmo relatório indicou 10.157 pessoas, por precaução, no Domicílio, em consequência desta pandemia  (mais  313 do que na semana anterior), e  2.847  sob  Vigilância Ativa   (mais  253). No Algarve  houve   208.215 casos de infeção confirmados pelas autoridades de saúde da região, desde o início da pandemia, a 06 de Março de 2020.

José Manuel Oliveira

Paulo Silva

PUBLICIDADE