Teatro Municipal de Portimão vai apreciar todo o virtuosismo do Pedro Jóia Trio

9 de julho – 22h00

O Grande Auditório do TEMPO – Teatro Municipal de Portimão recebe a partir das 22h00 de 9 de julho o Pedro Jóia Trio, para uma viagem pelo fado, flamenco, música popular brasileira e jazz, sempre com um elevado nível de execução técnica e artística.

Considerado um dos grupos mais relevantes do atual panorama musical português, o trio é composto por Pedro Jóia na guitarra clássica, Norton Daiello no baixo e João Frade no acordeão, cujo virtuosismo de classe internacional é reconhecido aquém e além-fronteiras e será reforçado neste espetáculo com a participação de um convidado especial – Marcelo Araújo na percussão.

Em palco, os músicos irão propor uma bem-disposta incursão pelo Brasil e pela memória da guitarra portuguesa, pelo fado e pelo flamenco, com destaque para clássicos como “Verdes Anos”, de Carlos Paredes, ou “Bulerias”, de Paco de Lúcia, prometendo um jogo de dinâmicas infindáveis.


Nascido em 1970 e descendente de uma conhecida família de Portimão, Pedro Jóia desde muito jovem desenvolveu os seus estudos na guitarra clássica e flamenca, e é com este instrumento que tem revelado a sua qualidade e virtuosismo, patente em todos os trabalhos discográficos e nas atuações ao vivo por todo o mundo.

Vencedor de dois Prémios Carlos Paredes, o guitarrista desenvolveu uma linguagem instrumental sofisticada, que tem como universo musical a cultura ibérica e mediterrâneas.

A solo, em trio, como solista em orquestras ou formações de câmara, ao longo de uma já extensa carreira e com uma abordagem muito própria à sua arte, tem tido a aclamação do público nas mais prestigiadas salas de concertos e nos espetáculos que integrou ao lado de grandes intérpretes da música atual, como Resistência, Mariza, Yamandú Costa, Gilberto Gil, Ney Matogrosso, Simone, Bobby McFerrin, entre muitos outros consagrados.

Os bilhetes para o concerto custam entre 15 euros e estão à venda online em https://tempo.bol.pt e na bilheteira do TEMPO, aberta de terça a sábado das 13h00 às 18h00 e em noites de espetáculo até ao respetivo início.

PUBLICIDADE