Manhãs do mês de julho vão ser de animação na Biblioteca Municipal Lídia Jorge em Albufeira

As manhãs do mês de julho vão ser de animação na Biblioteca Municipal Lídia Jorge. Com o término do ano escolar, o Município de Albufeira relança o projeto “Férias Escolares + Diversão = Biblioteca Verão 2022”, para crianças e jovens entre 6 e os 14 anos de idade. Trata-se de uma forma de também auxiliar os pais que trabalham durante a época balnear e que não têm a quem deixar os filhos. As inscrições prévias decorrem a partir de hoje, dia 22, e são obrigatórias através do email: biblioteca@cm-albufeira.pt. A experiência oferece dez atividades diferentes e está limitada a 16 crianças e jovens por oficina.

O Município de Albufeira organiza na Biblioteca Municipal Lídia Jorge o projeto “Férias Escolares + Diversão = Biblioteca Verão 2022”. A iniciativa volta a possibilitar que os pais que necessitam de trabalhar, possam colocar os seus filhos, durante o período da manhã, num espaço divertido e com atividades, que fortalecem suas as competências pessoais e sociais.

As dez ações são desenvolvidas entre as 10h30 e as 13h00, e as inscrições estão abertas a partir de hoje, 22 de junho. Cada atividade tem um limite máximo de 16 participantes, por isso, a inscrição é obrigatória. Os interessados deverão enviar um email com o nome do participante e das oficinas que este pretende frequentar, bem como, o nome e o contacto telefónico do seu encarregado de educação.

Trabalhos manuais, artes plásticas, teatro, literatura infantil e jogos tradicionais são as várias atividades que o Município propõe para a escolha das crianças e adolescentes. Assim, há trabalhos manuais sob a designação de “Jardins secretos” e “Jardins portáteis”, uma oficina de escrita criativa intitulada “Histórias com lobos”, uma ação de jogos educativos para a cidadania, “Eu e o Outro”, e momentos de criação e composição de trabalhos plásticos e manuais, como “O meu super caderno” ou “criar e brincar com reciclagem”. As propostas não ficam por aqui. Há também, uma oficina de jogos tradicionais nomeada “Jogatina” e a possibilidade de criar um “Teatro de sombras”. A literatura infantojuvenil não será esquecida, mediante iniciativas como o “Oinc! Ploft, blherc, ah! ” e “Criar e Brincar com Natureza”, assentes em obras literárias para as crianças, tal como “OINC! – A história do príncipe-porco” e “Arrumado”, respetivamente.

PUBLICIDADE