COVID – 19 – Dia 19 de Junho de 2022 às 13h00 – Com nove novos casos positivos e mais dez recuperados, foram contabilizados 82 cidadãos infetados no concelho de Vila do Bispo

E    já    passaram      152     dias    consecutivos     sem    existirem    dados     sobre     pessoas     em    vigilância.

As autoridades de saúde de Vila do Bispo, no seu relatório da Situação Epidemiológica Covid-19 deste concelho, com  dados até   18/06/2022   –  24h00    e    atualizado  pelas  13h00   do dia  19/06/2022,  a que só agora o ‘Litoralgarve’ teve acesso, registaram    09   novos  casos positivos   e   10  recuperados, contribuindo, assim, para mais uma ligeira descida do número de casos ativos  (pessoas ainda contaminadas),  82  nesta data.

Subiu      a    Incidência    atribuída    ao    concelho     de    Vila     do    Bispo    pela    Administração    Regional    de    Saúde    do    Algarve      

quadro  elaborado pelo ‘Litoralgarve’, sobre a evolução da Situação Epidemiológica Covid-19 no concelho de Vila do Bispo,  a   19   de   Junho  de  2022, apresenta estes dados:

09  –   Número   de   Novos   Casos   Positivos   (Diário)   –  (menos um em comparação com o dia anterior,  18/06/2022)

10    –   Número    de   Recuperados   (Diário)   –   (mais   três)          

82     –   Número    de   Casos    Ativos      –   (menos      um)

Sem   dados    –    Número   de   Pessoas   sob   Vigilância   –   (há  152  dias consecutivos)

2.091   –    Número    de    Casos  de  Infeção  Confirmados   (Cumulativo)  desde  o início desta pandemia, em 2020    –   (mais  09)  

2.000   –    Número   de   Recuperados    (Cumulativo)   desde  o  início  da  Covid-19,  em  2020    –     (mais       10)   

09   –  Número   de  Óbitos  (Cumulativo)  desde o início desta pandemia, em 2020   –    (sem   alteração)

144    –   Número   de   Novos  Casos   nos  anteriores   14   dias;

Incidência  atribuída   pela   Administração   Regional   de   Saúde   do    Algarve    –   2.798,  pelo que o concelho de Vila do Bispo permanece  no nível de  Risco Muito Elevado para efeitos de perigo de contaminação da Covid-19.

Paulo Silva

José Manuel Oliveira

PUBLICIDADE